nota1

Assistentes digitais são tratados como humanos pelo consumidor

As caixas de som controladas por voz e equipadas com assistentes digitais foram uma das sensações do Natal 2017 nos EUA. Isso significa que, neste ano, mais pessoas vão incorporar essas tecnologias em suas rotinas diárias.

Que impacto isso está provocando no comportamento dos consumidores que já usam esses aparelhos? Um artigo escrito por Sara Kleinberg, head de ads research and insights do Google, fala sobre as cinco principais características do relacionamento do consumidor com os assistentes digitais reveladas por uma pesquisa feita pelo Google com usuários da nova tecnologia.

Elas facilitam a vida

Quem já aderiu à nova tecnologia diz que falar com os aparelhos – em vez de ter que digitar – ajuda a executar tarefas de um jeito mais rápido e eficiente; em outras palavras, mais multitasking.

Segundo os usuários, suas principais vantagens são:

  1. Ajudam a executar mais tarefas ao mesmo tempo;
  2. São mais rápidos que outros aparelhos;
  3. Oferecem respostas e informações instantâneas;
  4. Deixam o dia a dia mais fácil.

São colocados no centro da casa

Os usuários costumam colocar o aparelho em um ponto central da casa, assim ele está sempre disponível para perguntas rápidas, e todos podem acessá-lo.  

Se tornaram parte da rotina

Setenta e dois por cento das pessoas que têm um assistente digital dizem que o aparelho faz parte de suas rotinas diárias

São tratados como se fossem outro ser humano

Quarenta e um por cento dos consumidores que têm um assistente digital, afirmam que se sentem falando com outra pessoa ou um amigo. As pessoas estão se relacionando com os assistentes digitais como se eles fossem humanos. Elas dizem coisas como “por favor”, “obrigado” e até pedem desculpas à inteligência artificial.

Um novo canal de atuação para as marcas

Os donos dessas caixas de som inteligentes aceitam bem as marcas como parte da experiência, e estão abertos a receber informações, desde que sejam úteis e relevantes ao seu estilo de vida. Entre o que as pessoas querem receber das marcas nos assistentes digitais, as informações sobre ofertas e promoções lideram a lista (52%), seguida por dicas personalizadas que facilitem a vida (48%), informações sobre eventos e atividades futuras (42%), informações sobre o negócio, como endereço das lojas e horário de funcionamento (39%), ficando por último o acesso a suporte técnico e SAC, com 38%.

*Com informações do Think with Google

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top