Artigo: Navegando desde cedo no mundo do dinheiro digital

Artigo: Navegando desde cedo no mundo do dinheiro digital

por Qorus*

Yish Koh, diretora administrativa do aplicativo financeiro Kit, apoiado pelo CommBank, compartilha maneiras de ajudar as crianças a desenvolver habilidades e capacidades financeiras por meio da experiência do mundo real

Com as férias escolares em pleno andamento, a rotina regular de lidar com as crianças e sua mesada às vezes pode ser mais complicada em comparação com o período letivo, mas isso não precisa ser assim.

De acordo com uma pesquisa recente do YouGov, os pais acham que a maneira mais eficaz de ensinar as crianças sobre dinheiro é por meio de aulas padronizadas na escola (61%). No entanto, a literatura, a pesquisa e os especialistas, predominantemente, dizem que as crianças desenvolvem habilidades e capacidades financeiras por meio da experiência do mundo real.

Este mês, Yish Koh, diretora administrativa do Kit – novo aplicativo financeiro, apoiado pelo CommBank que pode revolucionar a forma como as crianças aprendem a ganhar, economizar, gastar e gerenciar o dinheiro na economia digital – juntou-se ao podcast Happy Families, e discutiu a importância de apoiar a literatura financeira ensinada nas escolas, com aprendizagem experiencial e momentos de ensino com dinheiro em casa.

“Os pais estão lutando para saber por onde começar quando se trata de navegar no tema dinheiro, no mundo digital, com seus filhos. Nossa pesquisa com mais de 2 mil pais de crianças de oito a 17 anos na Austrália mostra que cerca da metade (48%) evita ativamente conversar com seus filhos sobre dinheiro, e mais da metade (55%) acha difícil vincular tarefas para elas receberem sua mesada na era digital”, comenta Koh.

A pesquisa também revelou que mais da metade (55%) dos pais com filhos de oito a 17 anos na Austrália ensinam seus filhos sobre dinheiro com base em seu próprio conhecimento, mas quase todos (86%) disseram que poderiam ter ajuda de outras fontes.

“Não é surpresa quando você pensa sobre isso [que] a experiência de uma criança com dinheiro, hoje, é muito diferente da experiência de seus pais quando estavam crescendo. O mundo está cada vez mais online e sem o uso do dinheiro e as crianças são bombardeadas diariamente com compras no aplicativo, ofertas relacionadas a jogos e atrativos criados”, afirma a executiva.

Koh também disse à Happy Families que a natureza não tangível do mundo digital está tornando difícil para as crianças construir capacidade financeira.

“Ao contrário de ter o dinheiro físico, o dinheiro é ‘invisível’, o que significa que elas podem ter dificuldade para criar a conexão entre comprar algo e isso ser cobrado nas contas de seus pais. Quando o dinheiro era mais comum, as crianças e adolescentes provavelmente recebiam uma mesada – o que significa que eles podiam tomar decisões informadas sobre como ele era gasto e realmente ver os fundos restantes diminuir”, salienta e continua: “Atualmente, as crianças também estão expostas a táticas de marketing e compras extremamente sofisticadas – geralmente incorporadas aos aplicativos enquanto estão jogando, como \’taxas de câmbio\’ que obscurecem o valor real do dinheiro, vendas por tempo limitado que incentivam a urgência e caixas de saque que as encoraja a jogar para ganhar recompensas variáveis”, afirma.

No entanto, para a executiva, existem soluções:

• Muitos livros, blogs e sites governamentais como o Money Smart dão muitas dicas para os pais;

• Existem jogos que ajudam a ensinar as crianças sobre conceitos financeiros; e,

• Também estamos vendo um aumento de ferramentas e aplicativos de educação digital com foco em educação financeira, como o Kit, que é um aplicativo de dinheiro para “ganhar e aprender” com a missão de ajudar crianças em idade escolar a desenvolver sua capacidade financeira por meio de aprendizado divertido e experimental.

“kit foi projetado para ajudar as crianças a aprender a ganhar, economizar, gastar e gerenciar o dinheiro na economia digital. Com o Kit, estamos tentando criar uma experiência de aprendizado divertida e envolvente para as crianças, que lhes dê algum nível de autonomia, ao mesmo tempo em que oferece aos pais supervisão e controle”, disse Koh.

Com sua própria conta Kit e cartão pré-pago, as crianças podem ganhar dinheiro no \’PayDay\’ vinculado às tarefas que estão sendo concluídas e criar ‘Stacks\’ (acúmulo) de poupança personalizável, com a animação de um nível de água que aumenta à medida que atingem seus objetivos.

As crianças podem acessar seu dinheiro em caixas eletrônicos e o cartão para fazer compras. No modo “Boss”, os pais têm acesso a controles personalizados, como limites de gastos, bloqueios de lojas e proteção do cartão e do pin, que podem ser adaptados para cada criança da família.

Koh continua: “trabalhamos com uma equipe de especialistas e pesquisadores e sabemos que essas ferramentas são projetadas para crianças e as ajudam a ter autonomia sobre as decisões financeiras do mundo real.

“Não há nada como a experiência de definir metas para poupar, visualizá-las, trabalhar para alcançá-las e obter reforço positivo ao longo do caminho. Estamos em um estágio empolgante, no qual convidamos famílias para testar e ajudar a cocriar o aplicativo final que lançaremos ao público. Isso é importante – temos que ter uma solução que reflita o que os pais e seus filhos querem e precisam. O Kit quer revolucionar a forma como as crianças aprendem sobre dinheiro e, se as famílias quiserem fazer parte dessa revolução, podem se inscrever para ser um dos primeiros 5 mil a testar o aplicativo gratuitamente, em https://www.heykit.com.au/”, menciona Yish Koh.

Fonte: Qorus

Tradução e adaptação: Edilma Rodrigues

A Qorus – antiga Efma – é  uma organização internacional que tem em seu portfólio mais de 6 mil estudos de casos de melhores práticas das instituições bancárias globais, compartilhados por uma rede que soma hoje 120 grupos financeiros de 133 países. Ela reúne seus membros num espaço virtual em que é possível ter acesso não apenas aos cases como às pesquisas inéditas realizadas com os parceiros e à visão de especialistas sobre as tendências do setor. A parceria para distribuição de conteúdo através dos canais da Cantarino Brasileiro objetiva aumentar sua visibilidade e adesão dentre as instituições financeiras no Brasil. Para saber mais, acesse o site: https://www.qorusglobal.com.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Exclusiva
Projeto de impacto incentiva educação financeira em casa
Iniciativa da Singularity University Chapter São Paulo gerou um e-book que será lançado em evento...
Exclusiva
O papel do ecossistema financeiro no Fórum Econômico Mundial 2024
por Ana Carolina LahrEntre os dias 15 e 19 deste mês, aconteceu em Davos, Suíça,...
Exclusiva
Tendências da 114ª NRF para o setor financeiro
por Ana Carolina Lahr A 114ª NRF (National Retail Federation), a maior e mais tradicional...
Exclusiva
Prêmio Banking Transformation reforça necessidade de uma agenda ESG transversal
Dados revelam a diversidade na composição dos times envolvidos nos cases inscritos; reflexão é incentivada...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top