nota3

Aportes de capital em fintechs caminham para movimentar mais de 1 bilhão de Reais

Segundo o monitoramento do site Conexão Fintech, em 2017, as fintechs brasileiras movimentaram mais de R$ 457,44 milhões em investimentos. Em 2018, com o investimento de US$ 150 milhões recebidos pelo Nubank, a primeira fintech a se tornar um unicórnio brasileiro, os valores arrecadados ultrapassaram o total de 2017, em apenas dois meses. E pelo andar da carruagem, os aportes de capital no segmento continuam a todo vapor e prometem fechar 2018 com valores bem acima do que se imagina.

Nos últimos dias, entre os aportes que se tornaram públicos, quatro fintechs ganharam destaque: ReCB, Creditas, Magnetis e Vale Saúde Sempre. Esse último com direito a investimentos de ex-alunos de Harvard, enquanto o fundo sueco Vostok Emerging Finance, que tem experiência com fintechs nacionais como Creditas e Guia Bolso, fez a primeira operação com a Magnetis

A ReCB, fintech de gestão de cobrança e pagamentos via boletos bancários, que recebeu o equivalente a uma participação de 11,11%  da venture builder Superjobs. Já a Creditas, plataforma online de empréstimos, que recebeu um aporte de US$ 55 milhões numa rodada de investimentos série C liderada pelo fundo sueco Vostok Emerging Finance, que contou com a participação de dois novos investidores, o Santander InnoVentures e o Amadeus Capital Partners.

Sediada em Teresina, no Piauí, a fintech ReCB tem 18 meses e está presente em 10 estados mais Distrito Federal. De 2016 até o mês de março, o número de clientes da ReCB cresceu 50%, passando de 245, para 375, alcançado valor transacionado de R$ 41,2 milhões e 20 mil pagamentos processados por mês, sendo a maior parte de clientes com negócios na região Nordeste.

Com a injeção de recursos da Superjobs, a  ReCB vai expandir as atividades para outros estados, incluindo São Paulo e ampliar o quadro de funcionários.

A Creditas, que recebeu outros aportes, soma cerca de R$ 280 milhões com a nova rodada de investimento. Fundada em 2012 para oferecer empréstimos a taxas mais razoáveis, tendo bens do consumidor como garantia, a fintech cresceu 7 vezes nos últimos 12 meses e planeja usar  o aporte para desenvolver novos produtos e explorar novos mercados.

Um aporte de R$ 17 milhões em uma rodada de série A de investimentos liderada pelos fundos Monashees e Vostok Emerging Finance com a participação ainda do fundo Redpoint e.ventures e de investidores-anjo foi direcionado para  fintech Magnetis, que gerencia aplicações financeiras com o auxílio de robôs.

De acordo com reportagem publicada pelo portal da revista Exame, a startup vai usar os recursos principalmente para a melhoria dos produtos e da experiência dos clientes. A publicação informa que a Monashees já havia participado de uma rodada inicial de investimentos na Magnetis em 2015, quando o valor da transação foi de R$ 3 milhões e contou com a participação do Redpoint e.ventures e da aceleradora 500 Startups.  

A HBS Alumni Angels of Brazil, entidade formada por mais de 130 ex-alunos de Harvard, destinou R$ 2,1 milhões para a fintech Vale Saúde Sempre, empresa de meios de pagamento eletrônico focada no credenciamento, captura, transmissão, processamento e liquidação financeira de transações com cartões de débito pré-pagos no segmento da saúde.

O recurso será investido para ampliar a atuação da empresa no território nacional.  A meta para 2018 é ampliar a  rede da empresa nas 17 cidades brasileiras com mais de 1 milhão de habitantes até final de 2018. O próximo passo será expandir para todos os municípios com mais de 100 mil habitantes.

Para usar o cartão Vale Saúde Sempre os clientes pagam R$ 28,90 por mês, que permite atendimento para toda a família.

*Com informações dos sites Conexão Fintech, Fintechlab, Exame e Ecommerce News

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top