8-aconteceu-na-semana

Aconteceu na semana

Fitch prevê profunda recessão global em 2020 em meio a escalada da crise do coronavírus
02 de abril

A agência de classificação de risco Fitch projeta uma profunda recessão global para 2020, com a atividade econômica sofrendo retração de 1,9% em consequência das ações de isolamento social, de acordo com o cenário básico de nova atualização do relatório Perspectivas Econômicas Globais, divulgado nesta quinta-feira. A Fitch prevê retração de 3,3%, 4,2% e 3,9% para o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos, zona do euro e Reino Unido, respectivamente, no ano, com o maior baque sendo sentido no primeiro semestre. Na hipótese de a crise de saúde ser contida até a segunda metade do ano, a Fitch destaca que deve haver uma recuperação importante da atividade na sequência, conforme os bloqueios à movimentação de pessoas são retirados e as políticas de estímulo tenham efeito. Mas a agência nota que fatores como perdas de emprego, cortes de investimento e choques de preços de commodities vão contribuir para amplificar a disrupção econômica.

Fonte: Reuters

Veloe distribui 25 mil tags para pagamento automático em pedágios
02 de abril

A Veloe, marca de pagamento automático para pedágios e estacionamentos uniu-se aos esforços de combate à propagação do Covid-19. Desde a última semana, iniciou a entrega de 25 mil tags em rodovias de todo o país, em uma ação conjunta com 40 concessionárias. Essa é uma forma de reduzir o contágio por meio da limitação do contato físico e do manuseio de dinheiro nas praças de pedágio. As tags começaram a ser distribuídas pelos próprios atendentes das concessionárias. Os motoristas interessados ativam o adesivo no site da Veloe (www.veloe.com.br) e podem usar em sua próxima viagem. São 12 mensalidades grátis, sem taxa de adesão e nem fidelidade.

Com informações da assessoria de imprensa

VR Benefícios amplia funcionalidades em seu canal no WhatsApp
02 de abril

A VR Benefícios agora permite o bloqueio e o desbloqueio de seus cartões por meio do WhatsApp. Desde o final de 2018 a empresa já liberava a consulta do saldo de seus cartões aos usuários. A companhia, que já atende os consumidores por meio de sua central telefônica, portal (área logada), aplicativo e Facebook, passou a usar também o WhatsApp porque entendeu que boa parte de sua base de usuários, principalmente os trabalhadores das classes C, não possuem muito espaço disponível no celular e acabavam desinstalando o app da empresa após cada uso. Em 2019, mais de 1,4 milhão de atendimentos foram feitos pelo WhatsApp e a projeção para 2020 é de 2,5 milhões de atendimentos. Além disso, uma pesquisa espontânea feita com os usuários da VR Benefícios mostra que 95% deles têm avaliado a ferramenta como ótima e boa. 

Com informações da assessoria de imprensa

Hospital das clínicas da Faculdade de medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP lança plataforma própria de captação de doações
02 de abril

Hospital das clínicas da Faculdade de medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP lança plataforma própria para captação de doações por parte da sociedade civil. Em um movimento espontâneo de diversos setores, pessoas físicas, organizações e empresas vêm se mobilizando para contribuir com o Hospital no enfrentamento da pandemia. Agora há um canal oficial para que essas doações sejam feitas. Desde janeiro, o HCMFUSP vem se preparando para a chegada do Coronavírus por meio de seu comitê de crise. E, em decorrência da urgência das demandas que dispararam frente à crise do Coronavírus, a direção do HCFMUSP optou por ter sua própria plataforma de arrecadação de doações. O canal de captação de recurso próprio do HCFMUSP, está disponível no link www.viralcure.org/hc. Trata-se de uma plataforma de código aberto que não faz custódia de fundos e não cobra taxas, direcionando a totalidade das doações para depósito direto na conta da FFM – entidade privada, sem fins lucrativos, reconhecida por seu caráter filantrópico, criada em 1986 por alunos da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) para atuar na promoção do ensino, pesquisa e assistência em saúde, e apoiar nas atividades da FMUSP e do HCFMUSP. 

Com informações da assessoria de imprensa

Plataforma que usa blockchain para autorizações no sistema financeiro entra em funcionamento
1º de abril

Constituída para agilizar os processos de autorização do sistema financeiro, a Plataforma de Integração de Informações das Entidades Reguladoras (Pier) entrou em operação. O sistema, que usa tecnologia blockchain, propicia o compartilhamento instantâneo entre as bases de dados de diversos órgãos. Inicialmente, participam da solução o Banco Central (BC), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência de Seguros Privados (Susep). A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) está iniciando testes para se integrar o mais brevemente possível à plataforma.

Fonte: Banco Central

Brasil vive explosão de unicórnios, diz KPMG
1º de abril

O Brasil conta com nove unicórnios, com três surgidos em 2018, cinco em 2019, e um em 2020. Além disso, 2019 foi um ano recorde em todos os sentidos neste mercado: 27 países contam com unicórnios em todo o mundo e os cinco novos unicórnios nacionais colocaram o Brasil, pela primeira vez, entre os três países que mais criaram startups bilionárias no ano. Outro dado relevante é que juntos, os unicórnios brasileiros captaram mais de US$ 1 bilhão em rodadas de Venture Capital só em 2019, uma média de mais de US$ 100 milhões por empresa. Essas são algumas das conclusões do relatório Corrida dos Unicórnios, produzido pela Distrito com apoio da KPMG. De acordo com a pesquisa, nunca houve tanto investimento no mercado de inovação, startups e venture capital no Brasil. Os casos de sucesso são cada vez mais comuns e os empreendedores surgem com capacidade crescente ofertando produtos e serviços usados diariamente por milhões de brasileiros. A maioria das startups brasileiras é B2B, mas os unicórnios são primariamente B2C. Entre os unicórnios brasileiros, já há o caso de um decacórnio, título reservado apenas às startups avaliadas em mais de US$ 10 bilhões. Nesta categoria, só há outros 22 casos no mundo. 

Com informações da assessoria de imprensa

Magazine Luiza é mais novo parceiro do Banco Inter para compras no Super App
1º de abril

O time de lojas disponíveis no Super App do Banco Inter só cresce e acaba de ganhar um forte aliado. Agora, os clientes do Magazine Luiza podem fazer suas compras direto no aplicativo, e receber 5% de cashback (dinheiro da compra de volta) nos próximos 60 dias, conforme promoção de cashback dobrado oferecida pela instituição. Para comprar, é só acessar o app, escolher a loja, o produto e esperar pela entrega. A gigante do varejo brasileiro se junta a quase uma centena de lojas e outros grandes parceiros, como a Amazon, Americanas, Submarino, Shoptime, Casas Bahia, Ponto Frio, Droga Raia e Extra, que também oferecem oportunidades imperdíveis, como descontos especiais e mais cashback. Quem escolhe comprar usando o Super App do Banco Inter, tem como principal vantagem receber o dinheiro diretamente na conta, com pagamento em até 30 dias, pra usar onde e como quiser.

Com informações da assessoria de imprensa

Plataforma de gestão financeira libera acesso grátis para MEI por dois meses
1º de abril

O Mobills, aplicativo de gestão de finanças pessoais, oferece dois meses gratuitos de acesso premium à plataforma para Microempreendedores Individuais (MEI). Para se cadastrar e garantir acesso completo à plataforma, os Microempreendedores deverão informar o CNPJ, até o dia 16 de abril, ao realizar o cadastro no site. Os MEI que já utilizam o Mobills precisam apenas acessar suas contas via web e informar o CNPJ no card da promoção. Disponível para Android, iOS e web, o Mobills atingiu a marca de mais de sete milhões de downloads. 

Com informações da assessoria de imprensa

Governo publica medida provisória que antecipa parte da autonomia do BC
31 de março

Com uma única medida provisória, o Banco Central atacou em várias frentes, como no câmbio, nos meios de pagamento via crédito de empresas e na proteção judicial de servidores. A MP 930/2020, publicada no Diário Oficial da União, de segunda-feira (30), causou dúvidas sobre a sua finalidade por tratar de uma gama de assuntos distintos e o BC só acabou explicando a proposta no fim do dia. Entre outras medidas, a MP 930 garante o envio de recursos de emissores e credenciadoras de cartões para o comércio de quem pagou a fatura do cartão ou debitado da conta corrente ao estabelecimento que ofertou o produto ou serviço, independentemente da situação financeira das entidades intermediárias na cadeia de pagamentos.  “É importante destacar que se um agente nessa cadeia de pagamentos tiver antecipado esses recursos ao usuário final, ele também estará protegido pelas medidas adotadas no âmbito da MP”, informou o BC.

Fonte: Correio Braziliense

Número de famílias endividadas em março é o maior desde 2010
30 de março

Após recuo mensal em fevereiro (65,1%), o número de famílias com dívidas voltou a subir em março, chegando a 66,2% – o maior percentual desde o início da realização da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), em janeiro de 2010. De acordo com o levantamento da CNC, a alta também ocorreu na inadimplência: o percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso passou de 24,1%, em fevereiro, para 25,3% em março. Já o total de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes saltou de 9,7% (fev.) para 10,2% (mar.). Os indicadores também registraram aumento no comparativo anual. A coleta dos dados dessa pesquisa ocorreu entre 20 de fevereiro e 5 de março, anteriormente à semana em que a pandemia da covid-19 se propagou no Brasil. Mesmo assim, nota-se uma piora nos indicadores de inadimplência. Para ter acesso ao estudo completo, acesse o link. 

Com quarentena, Melhortaxa tem aumento de 70% na procura online por crédito imobiliário
27 de março

Na contramão do movimento recente de queda de clientes de parte das fintechs, a Melhortaxa registrou crescimento no número de acessos à sua plataforma digital de crédito imobiliário – a maior do país na modalidade – desde o início da pandemia do novo coronavírus. O portal teve, em março, cerca de 70% de novos visitantes e o número de pedidos de financiamento imobiliário cresceu 4% nas últimas três semanas na comparação com o mês de fevereiro. O site permite comparar instantaneamente as ofertas de todos os grandes bancos e fintechs, com um serviço gratuito para quem busca as melhores taxas e condições para financiar ou refinanciar um imóvel, possibilitando ainda o fechamento de contratos diretamente na plataforma, de forma digital, transparente e segura. 

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top