nota8

Aconteceu na semana

Saque do abono salarial PIS calendário 2018/2019 vai até 28 de junho
28 de junho

Trabalhadores têm até hoje (28) para realizar o saque do Abono Salarial PIS do calendário 2018/2019. Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, conforme a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2017. Os benefícios foram liberados de forma escalonada de acordo com o mês de nascimento, e agora estão disponíveis para os nascidos em qualquer mês. A CAIXA disponibilizou R$ 16,9 bilhões para 22,5 milhões de beneficiários em todo o calendário. Até maio, o banco pagou R$15,6 bilhões a 20,6 milhões trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo CAIXA Trabalhador, no site da CAIXA (www.caixa.gov.br/PIS) ou pelo atendimento CAIXA ao cidadão: 0800 726 0207.

Fonte: Caixa Notícias

Apple bate Google e fica em primeiro lugar no ranking das 20 marcas globais de tecnologia mais valiosas
27 de junho

A Apple bateu por pouco o Google ao primeiro lugar do ranking das 20 Marcas Globais de Tecnologia Mais Valiosas do BrandZ, lançado nesta quinta-feira (27) pela WPP e pela Kantar, crescendo +3 % para alcançar um valor de marca de US$ 309,5 bilhões. O Google ficou em segundo lugar, com um valor de marca de US $ 309 bilhões. Continuando seu caminho de inovação, a Apple está perturbando a percepção do consumidor de que é simplesmente uma marca de dispositivos inteligentes. Agora ela tem novas ofertas em transmissão de TV, assinatura de notícias, séries e filmes e serviços de jogos, além de introduzir um cartão de crédito de marca compartilhada. A Microsoft (nº3, US$ 251,2 bilhões), tradicionalmente percebida como uma marca B2B, cresceu +25% em valor de marca, após o lançamento de uma nova gama de serviços para consumidores profissionais que visam oferecer maiores benefícios de economia de tempo.  O Facebook (nº 4, US$ 159 bilhões) subiu uma colocação, mas declinou em valor em -2% em meio a preocupações com privacidade que afetaram a confiança do consumidor. O valor combinado das marcas de tecnologia corresponde a quase 40% do valor total do ranking BrandZ das 100 Marcas Globais Mais Valiosas, chegando à marca de mais de US $ 1,6 trilhão – quase o triplo do varejo, a segunda categoria mais valiosa. Grande parte desse valor é derivado de marcas de tecnologia de consumo que somam mais de US $ 1 trilhão. Exemplos incluem o recém-chegados chineses Xiaomi (nº 74, US$ 19,8 bilhões) e Meituan (nº78, US$ 18,8 bilhões), uma plataforma de tecnologia de consumidor que oferece tudo, desde entrega de alimentos, reservas de quartos, passeios e aluguel bicicletas.

Com informações da assessoria de imprensa

BC publica no RTI projeções de inflação em dois cenários híbridos
27 de junho

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira (27) no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em dois cenários híbridos – que combinam hipóteses dos cenários de referência e de mercado. No primeiro cenário híbrido – que considera a taxa de câmbio constante em R$ 3,85 e a evolução da Selic (a taxa básica de juros) conforme as projeções do boletim Focus -, a projeção de inflação para 2019 passou de 4,1% para 3,6%. Para 2020, foi de 3,8% para 3,9% e, para 2021, mantida em 3,8%. No segundo cenário híbrido – que considera a taxa de câmbio do Focus e a Selic estável em 6,50% -, a projeção de inflação para 2019 passou de 3,9% para 3,6%. Para 2020, foi de 4,0% para 3,7% e, para 2021, passou de 4,3% para 4,0%. O Banco Central divulgou também no RTI suas projeções de inflação de curto prazo, que abarcam os meses de junho, julho e agosto. A previsão para o IPCA – o índice oficial de inflação – para junho é de 0,01%. Já a projeção para julho é de 0,13% e, para agosto, de 0,10%. No Focus mais recente, divulgado na última segunda-feira (24), as projeções do mercado financeiro para o IPCA eram de -0,02% em junho, 0,20% em julho e 0,12% em agosto.

Fonte: Estadão Conteúdo

BC reduz projeção de crescimento da economia este ano para 0,8%
27 de junho

O Banco Central (BC) reduziu a projeção para o crescimento da economia este ano. A estimativa para a expansão do PIB passou de 2% para 0,8%. A projeção consta do Relatório de Inflação, publicação trimestral do BC, divulgado nesta quinta-feira (27). Entre os fatores para a redução da projeção, o BC cita o crescimento menor do que o esperado no primeiro trimestre deste ano, o que reduziu o “carregamento estatístico [herança do que ocorreu no período anterior] para o restante do ano. Outros fatores para a redução são a ausência de sinais nítidos de recuperação nos primeiros indicadores econômicos para o segundo trimestre e o “recuo dos indicadores de confiança de empresas e consumidores, com impactos sobre as perspectivas de consumo e investimento”. Além disso, o BC destaca que a perspectiva de crescimento em 0,8% está “condicionada ao cenário de continuidade das reformas e ajustes necessários na economia brasileira e incorpora expectativa de recuperação da atividade em ritmo crescente ao longo do restante do ano”. No cenário com taxa de juros (Selic) e câmbio da pesquisa com instituições financeiras (Focus), a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve encerrar 2019 em 3,6%. Em março, a projeção era 3,9%. O BC também projeta que a inflação deve chegar a 3,9% em 2020 e 2021. Em março, essas estimativas eram de 3,8% para 2020 e 3,9% para 2021. 

Fonte: Agência Brasil

GFT busca 100 profissionais brasileiros de TI para trabalhar na Espanha
27 de junho

Para atender a alta demanda de novos projetos de empresas e instituições bancárias que repensam sua estratégia digital e regulatória, a GFT Brasil, empresa de tecnologias exponenciais digitais e projetos ágeis, está com 100 vagas para profissionais de TI em suas unidades em Barcelona e Madri, na Espanha. Nesta edição, as vagas estão voltadas para especialistas em desenvolvimento front e backend e arquitetos com bons conhecimentos em tecnologias como Java. O processo seletivo contará com uma pré-seleção feita no Brasil, sendo as etapas posteriores conduzidas pelo RH da Espanha. Para ajudar nas despesas de viagem, os candidatos selecionados receberão um crédito de 3000 euros e terão o visto pago pela GFT. Os requisitos para concorrer às vagas são formação na área da Tecnologia da Informação, Computação ou áreas correlatas. Os candidatos podem se inscrever para as vagas em questão enviando um e-mail com os respectivos currículos para careerbrasil@gft.com até 30 de julho.

Com informações da assessoria de imprensa

ANÁLISE SETORIAL|Mapeamento sobre inclusão financeira para a baixa renda aponta oportunidades para fintechs de impacto social
27 de junho

A Artemisia, organização brasileira de disseminação e fomento de negócios de impacto social, defende que as fintechs podem contribuir para ampliar o acesso da população de menor renda a serviços financeiros de qualidade. Entre as oportunidades de empreender detectadas pela Tese de Impacto Social em Serviços Financeiros estão as soluções para o aumento da digitalização; uso de dados para acesso a crédito destinado à baixa renda; produtos que constroem confiança; e produtos que empoderam o usuário para escolhas financeiras conscientes. A Artemisia já acelerou 18 startups inovadoras com este foco, entre elas: Blu365, Banco Maré, Mais Fácil, Konkero, MEI Fácil, Movva, QueroQuitar e QuickCheck. Para analisar os desafios dos serviços financeiros; o papel das fintechs; e as oportunidades para empreendedores de impacto social, a Artemisia conduziu a Tese de Impacto Social em Serviços Financeiros, um amplo mapeamento setorial que contou com o apoio do ANDE (Aspen Network for Development Entrepreneurs) Catalyst Fund, por meio do patrocínio da MetLife Foundation; a consultoria técnica é do Plano CDE. A análise traz tópicos que explicam o conceito de inclusão financeira; as mudanças regulatórias que apresentam oportunidades; e cases de startups de impacto social promissoras que criaram soluções inovadoras para possibilitar a inclusão financeira de muitos brasileiros. Segundo comunicado da entidade, as fintechs têm hoje o momento ideal para resolver os gargalos do sistema financeiro por uma confluência de fatores: são empresas que estão no centro do debate sobre a evolução da relação entre população e finanças – nunca houve tanto dinheiro disponível para captação –; e a evolução tecnológica propicia soluções digitais para temas simples e também complexos como os blockchains. A Tese pode ser acessada, gratuitamente, pelo link www.artemisia.org.br/servicosfinanceiros

Com informações da assessoria de imprensa

Governo recupera R$ 386 mil pago indevidamente a beneficiários do Bolsa família na região Sudeste
27 de junho

Na região Sudeste, o Ministério da Cidadania recuperou 386 mil reais de 308 beneficiários do Bolsa Família que estavam recebendo o dinheiro indevidamente. É a primeira vez que o governo federal consegue reaver recursos que estavam sendo pagos a pessoas que não se encaixavam mais nos critérios do programa. O montante voltará agora aos cofres públicos da União. Somente nesta etapa inicial do pente-fino, 748 casos foram pagos, o que representa 927 mil reais. A cobrança de ressarcimento de valores do Bolsa Família é fruto do cruzamento de dados realizado pelo Tribunal de Contas da União, iniciado em 2018. O levantamento mostrou que as famílias tinham renda maior do que a declarada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Em todo o Brasil, foram instaurados 2.663 processos administrativos para a cobrança. O secretário Nacional de Renda de Cidadania, Tiago Falcão, explica o que ocorre com as famílias que não devolverem o dinheiro ao governo federal. 

Fonte: Ministério da Cidadania

Mercado Livre e Itaú Unibanco lançam cartão de crédito Visa internacional sem anuidade e com cashback
26 de junho

O Mercado Livre, a Visa e o Itaú Unibanco lançam cartão de crédito internacional sem anuidade e com cashback – recurso com o qual o cliente pode ter de volta, como crédito na fatura, até 10% do valor das compras feitas nas 970 lojas oficiais da plataforma mercadolivre.com.br. O cartão Mercado Livre, porém, não está restrito a esse ambiente: ele pode ser utilizado em qualquer loja da internet ou do mundo físico, no Brasil ou no mundo. Ele é o primeiro do banco que dispõe de tecnologia NFC, para pagamentos por aproximação. Inicialmente, o cartão será disponibilizado mediante a aceitação do convite feito a clientes pré-aprovados do Mercado Livre, que receberão uma comunicação por e-mail e poderão requisitá-lo ao clicar em “Quero meu cartão”. Demais interessados podem solicitar o cartão pela plataforma Mercado Livre e terão seus pedidos analisados a partir de julho.

Com informações da assessoria de imprensa

Banco Inter passa a oferecer recebimento de Google Adsense no aplicativo da Conta Digital
26 de junho

O Banco Inter agora oferece para os seus clientes a possibilidade de receber pagamentos feitos pelo Google Adsense diretamente na Conta Digital. A transação pode ser realizada por meio da plataforma de câmbio da instituição, quando o correntista acumular o valor de R$ 100 a ser recebido. O serviço vinha sendo demandado pelos correntistas do banco digital. Para se cadastrar, basta entrar no aplicativo, navegar até a área de câmbio, ir ao campo de recebimentos e digitar os dados da operação. Após a confirmação, um e-mail é enviado com os dados necessários para a realização da transferência. 

Com informações da assessoria de imprensa

Principais fraudes financeiras envolvem pagamento com cartão, transferências ACH/wire e phishing
26 de junho

O volume de fraudes detectadas pelas instituições financeiras em 2018 se manteve estável ou aumentou na comparação com o ano anterior. O mesmo ocorreu em relação aos prejuízos causados pelos incidentes. As conclusões são da pesquisa Faces of Fraud 2019, elaborada em parceria pela especialista em segurança digital Cyxtexa Technologies e o Information Security Media Group. O levantamento aponta ainda que as principais fraudes envolveram pagamento com cartão (56%), transferências ACH/wire (49%) e phishing (44%). O estudo foi feito online e gerou mais de 150 respostas de instituições, principalmente localizadas nos Estados Unidos. Segundo a pesquisa, 79% das instituições ouvidas afirmam que o número de incidentes permaneceu estável ou aumentou em 2018, enquanto 70% dos respondentes disseram que as perdas com as fraudes seguiram estáveis ou aumentaram. Além disso, as principais fraudes envolveram pagamento com cartão (56%), transferências ACH/wire (49%) e phishing (44%). Dos entrevistados, 34% dizem que suas medidas antifraude dependem muito de processos manuais, o que inibe a capacidade de responder rapidamente às ocorrências quando detectadas.

Fonte: Security Report

Acqio anuncia novo modelo de franquia de pagamentos eletrônicos voltado a pequenos e médios varejistas
26 de junho

Com cinco anos no mercado, a Acqio, rede de franquias de maquininhas de cartão, computou crescimento acima de dois dígitos a cada ano desde 2014. A empresa lança a Acqio TEF, modelo de franquia que oferece soluções integradas para pagamentos eletrônicos com o sistema TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) para pequenos e médios estabelecimentos varejistas, como padarias, farmácias e mercados. O novo modelo se difere da estrutura atual das franquias Acqio, focadas na comercialização de POS – as maquininhas portáteis de cartão. A tecnologia TEF permite ao varejista atuar com uma grande variedade de cartões e maior controle sobre as transações. Nosso público-alvo para este produto são empresas do mercado de automação comercial e revendas de tecnologia (software e hardware), que desenvolvem soluções personalizadas às necessidades do pequeno e médio empresário, explica Robson Campos, CEO da Acqio. A estrutura do modelo de franquia de TEF, feita pela Acqio, está de acordo com a Lei de franquias nº 8.955, de 15/12/1994, oferecerá, para os novos franqueados da rede, o software da empresa, de forma integrada, e às soluções sob medida criadas para os estabelecimentos varejistas, potencializando o faturamento por meio de recorrência. 

Com informações da assessoria de imprensa

Fintech brasileira BMP Money Plus sai na frente ao ser autorizada pelo BC como Sociedade de Crédito Direto
26 de junho

Após receber autorização do Banco Central para operar, a BMP Money Plus será a primeira fintech a lançar no Brasil os serviços propostos no novo modelo de instituição financeira, a Sociedade de Crédito Direto (SCD), que realiza operações de empréstimo, financiamento e aquisição de direitos creditórios exclusivamente por meio de plataforma eletrônica, com o uso de recursos financeiros que tenham como única origem capital próprio. Com 10 anos no mercado de crédito e tecnologia, a nova SCD tem estrutura montada para disponibilizar aos seus clientes e parceiros suas operações, o que, segundo a empresa, a coloca na frente das demais. A expectativa da BMP Money Plus para os próximos 12 meses é atingir 500 mil clientes atendidos em todo o território nacional, gerando um volume de crédito de R$ 3 bilhões de reais. O objetivo do modelo de operação da BMP Money Plus é melhorar a qualidade do crédito, utilizando a conectividade entre as partes envolvidas em cada cadeia de negócio. Além de realizar as operações, a SCD pode prestar apenas os seguintes serviços: análise de crédito para terceiros; cobrança de crédito de terceiros; atuação como representante na distribuição de seguro relacionado com as operações, nos termos da regulamentação do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP); e emissão de moeda eletrônica, nos termos da regulamentação em vigor.

Com informações da assessoria de imprensa

BizCapital revela crescimento de 16% nos pedidos de empréstimo online entre janeiro e maio de 2019
26 de junho

Levantamento realizado pela BizCapital, fintech de crédito para micro, pequenos e médios empreendedores, revela crescimento dos pedidos de empréstimo online entre janeiro e maio de 2019. No início do ano, a fintech registrou quase 24 mil pedidos, chegando a maio com 27.500, um aumento de 16% no volume de pedidos de empréstimo. O aumento é representado principalmente pela região Sudeste, respondendo por 75% do aumento, seguido da região Nordeste com 23%. Notamos que o empreendedor está cada vez mais confiante nos serviços das fintechs, buscando formas de investir e prosperar nos negócios sem depender da burocracia financeira das grandes instituições bancárias, sendo atendido prontamente para o propósito que deseja, explica Francisco Ferreira, sócio-fundador da BizCapital.

Com informações da assessoria de imprensa

Pela primeira vez desde 2010, volume de investimento anjo apresenta queda no Brasil
26 de junho

O investimento anjo alcançou a marca de R$979 milhões investidos em 2018, uma queda de 0,4% em relação ao ano passado em comparação ao crescimento de 16% de 2017 para 2018. O volume, apresentou em queda pela primeira vez desde o início da série histórica (2010). Entretanto, o número de investidores cresceu 1,8% chegando a 7750 e com base nas projeções dos investidores, a expectativa é fechar 2019 com crescimento de 5%. Dados fazem parte da pesquisa realizada pela Anjos do Brasil apresentada nesta quarta-feira (26) no 7º Congresso de Investimento Anjo da Anjos do Brasil Junho de 2019 – no Cubo, em São Paulo – SP. As causas para queda do volume de investimento, segundo Cassio Spina, presidente da Anjos do Brasil, estão ligadas ao perfil dos investidores brasileiros: Existem dois tipos de perfis no Brasil: os investidores proativos que estão sempre em busca de startups e novos negócios para investir e os chamados investidores passivos, que são aqueles com um perfil menos buscador e que investem mais naquilo que já conhecem, em startups do seu networking pessoal, explica. Neste cenário, o estudo aponta que em 2018, o número de investidores proativos aumentou e o volume de investimento se manteve estável. Já entre os investidores passivos, caiu tanto em número de investidores, quanto em volume de investimento. O conteúdo completo da pesquisa estará disponível no site da Anjos do Brasil (www.anjosdobrasil.net) a partir do dia 27/6/2019.

Com informações da assessoria de imprensa

Inadimplência de micro e pequenas empresas ultrapassa 5,4 milhões em abril impactada pelo setor de serviços, revela Serasa Experian
26 de junho

O número de micro e pequenas empresas inadimplentes no Brasil bateu novo recorde e ultrapassou 5,4 milhões em abril de 2019, representando um aumento de 6,4% quando comparado com o mesmo mês em 2018. Em relação a março de 2019, a alta foi de 0,4%. O setor de serviços, cuja participação é de 48,1%, foi o principal responsável pelo volume total de empreendimentos com dívidas atrasadas e negativas. Além disso, o crescimento da inadimplência em abril/19 dentre os empreendimentos que prestam serviços chegou a 10,9%, se comparados com o abril do ano anterior. Neste mesmo comparativo, os setores de indústria e comércio tiveram variação de 2,7% e 2,5%, respectivamente. Segundo os economistas da Serasa Experian, a inadimplência dos micro e pequenos empreendedores continua a crescer devido ao baixo desempenho da economia nos primeiros meses de 2019. Este movimento impacta as vendas, que diminuem o fluxo de caixa e prejudicam a receita, fazendo com que deixem de honrar seus compromissos financeiros. Clique aqui para ver a tabela. O Sudeste apresentou um crescimento de 7,5% de inadimplentes entre abril de 2018 e 2019, a maior variação apresentada dentre todas as regiões. Em abril deste ano, o volume de micro e pequenos com contas em atraso chegou a 2,9 milhões, ante 2,7 deste mesmo mês em 2018. Essa também é a região com a maior representatividade de empreendedores inadimplentes (54,7%), seguida pela Sul (15,8%), que registrou 852.646 em abril/19, crescimento de 6,3% no comparativo com o mesmo mês de 2018. As demais regiões tiveram crescimento de 6,9% (Norte), 6,7% (Centro-Oeste) e 2,3% (Nordeste) no comparativo com os dados de inadimplência de abril de 2018 e 2019.

Com informações da assessoria de imprensa

Mais de 1,3 milhão de pessoas trocaram o cheque especial rotativo pelo parcelado em maio
25 de junho

Mais de 1,3 milhão de clientes migraram do cheque especial rotativo para o parcelado em maio. Um aumento de quase 20% na comparação com abril, quando cerca de 1,11 milhão de clientes trocaram uma linha de crédito pela outra. A taxa média de juros paga por quem optou pela mudança caiu de 12,28% a.m. para 3,15% a.m., de acordo com levantamento feito pela FEBRABAN com 12 bancos, que representam cerca de 90% do mercado brasileiro do produto. A pesquisa também mostrou que os juros cobrados na linha de crédito alternativa caíram mais de 10% entre julho de 2018 e maio deste ano, de 3,54% a.m. para 3,15% a.m.. Desde julho do ano passado, quando o normativo sobre o assunto entrou em vigor, quase 11 milhões de clientes reduziram as taxas pagas por meio da migração.

Fonte: FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos

Visa usa Inteligência Artificial para impedir fraudes de aproximadamente US$ 25 bilhões
25 de junho

A Visa Inc. anunciou nesta terça-feira (25) uma nova análise mostrando que o uso de inteligência artificial (IA) na Visa Advanced Authorization (VAA) ajudou os emissores a evitar a perda de um total anual estimado em US$ 25 bilhões com fraude, como parte da missão da empresa de conectar o mundo por meio da rede de pagamentos digitais mais inovadora, confiável e segura. A VAA é uma ferramenta de gerenciamento de risco que monitora e avalia em tempo real as autorizações das transações que passam pela VisaNet, rede global de pagamento da Visa, ajudando o emissor a identificar e a responder prontamente aos padrões e tendências de fraude emergentes. A Visa processou mais de 127 bilhões de transações entre estabelecimentos comerciais e instituições financeiras na VisaNet no ano passado, utilizando IA para analisar 100% das transações – cada uma, em cerca de um milissegundo – para que as instituições financeiras pudessem aprovar compras legítimas e identificar e barrar transações fraudulentas rapidamente. A ferramenta Visa Advanced Authorization é uma camada de prevenção de fraude que ajuda a reduzir o risco e as fraudes. Mais de 8.000 emissores, de 129 países, usam a VAA.

Com informações da Visa

Co.W. Coworking Space e Anprotec firmam parceria
25 de junho

O Co.W. Coworking Space, ecossistema de compartilhamento de estações de trabalho que visa criar condições favoráveis à cultura da inovação, assinou nesta quinta-feira (27) acordo de parceria com a Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores). O objetivo do acordo é a cooperação entre as partes para a promoção de ações que fomentem negócios entre as empresas residentes no Co.W e as associadas à Anprotec, além do desenvolvimento do ecossistema de inovação a partir destas novas oportunidades de negócios e de aprendizado, networking e benchmarking. Dentre as premissas da parceria, estão: divulgações de ações promovidas por ambas as partes, como projetos, eventos e editais, além de benefícios exclusivos aos agentes representados pelas instituições. O CO.W. Coworking iniciou suas atividades em 2015 em Joinville (SC), onde conta com três unidades: Ágora, Centro e Auri Plaza. Possui também três endereços em São Paulo: Berrini, Itaim Bibi e Vila Olímpia. Criada em 1987, a Anprotec reúne cerca de 370 associados, entre incubadoras de empresas, parques tecnológicos, aceleradoras, coworkings, instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e outras entidades ligadas ao empreendedorismo e à inovação.

Com informações da assessoria de imprensa

iZettle lança máquina de pagamentos contactless no Brasil
25 de junho

A iZettle, fintech sueca líder em meios de pagamentos na Europa, lança funcionalidade contactless no Brasil. A partir de junho, todas as máquinas de pagamentos comercializadas pela empresa contam com a tecnologia de proximidade. Com foco no pequeno e médio empreendedor, a fintech pretende popularizar a modalidade no país com as novas máquinas na modalidade mPos. A CEO da iZettle no Brasil, Maria Oldham, acredita que a tecnologia contactless é uma oportunidade de digitalizar bilhões de transações de baixo valor, melhorando a experiência do consumidor, além de redução de custos operacionais para os estabelecimentos. “A iZettle traz para o Brasil uma tendência mundial e oferece tecnologia para pequenos e médios empreendedores inovarem em seus negócios, afirma. Contactless, ou tecnologia NFC (Near Field Communication), é a alternativa de pagamento móvel apenas pela proximidade do cartão de débito ou de gadgets, como relógio e celular, de uma máquina de cartão – sem a necessidade de digitar senha para compras de até R$50,00. 

Com informações da assessoria de imprensa

Rappi e Visa lançam cartão no Brasil
25 de junho

A Rappi, em parceria com a Visa, anuncia a chegada de seu cartão ao Brasil. A nova oferta é uma solução financeira de pagamento prática e sem custos, que poderá ser utilizada até mesmo por pessoas não bancarizadas. O cartão da Rappi, isento de anuidade, é – assim – uma alternativa para diferentes tipos de consumidores, desde aqueles que não tem acesso à serviços bancários, mas querem adquirir serviços digitais ou até mesmo aqueles que procuram uma maneira simplificada para os pequenos consumos de casa. Além disso, pode ser uma boa opção para trabalhadores informais e jovens, que ainda não possuem conta em banco. O cartão pré-pago pode ser utilizado para compras online e até mesmo na contratação de serviços de streaming e aplicativos de transporte. Para abastecer o cartão da Rappi, o usuário pode transferir o dinheiro via RappiPay, e-wallet disponível no aplicativo, transferência bancária ou via boleto. Os consumidores interessados já podem solicitar o cartão no botão “Cartão Visa Rappi” dentro do aplicativo. Para pedir seu cartão pelo aplicativo, é necessário cadastrar seu CPF para que, após validação dos dados, a plataforma possa abrir sua conta digital.

Com informações da Visa

Netskope oferece soluções para diminuir os riscos do setor financeiro na nuvem
25 de junho

Os serviços de cloud crescem rapidamente na América Latina, principalmente no setor financeiro, onde a inovação tecnológica garante maior sucesso comercial. Com a plataforma OneCloud, a Netskope, fornecedora de soluções de segurança na nuvem, está ajudando diversas empresas a gerenciar os riscos associados à nuvem e a garantir que estejam de acordo com as regulamentações locais. Desde o ano passado, a regulamentação brasileira vem sofrendo mudanças, com o objetivo de incentivar as empresas a investirem na segurança cibernética e oferecer aos usuários uma garantia maior de proteção de dados. A computação na nuvem contribui para a eficiência e a prestação de serviços, especialmente quando as aplicações e softwares são oferecidos como um serviço pay-per-use (IaaS, PaaS e SaaS). No entanto, o risco de ataques cibernéticos e as diferentes regras e regulamentos que regem o setor financeiro exigem proteção e controle das informações mais confidenciais. Por esse motivo, existe a necessidade de recuperar a visibilidade e o controle dos serviços nesse ambiente, algo impossível com as tecnologias tradicionais de segurança, explica Alain Karioty, diretor regional de Vendas da Netskope para a América Latina. As maiores instituições financeiras da América Latina estão adoptando a Netskope como aliada estratégica para o uso de serviços SaaS, IaaS, PaaS, e Web, manter a visibilidade e o controle, sem sacrificar a segurança”, complementa o executivo.

Com informações da assessoria de imprensa

Netshoes abre o Programa Jovem Aprendiz 2019
25 de junho

A Netshoes, companhia controladora das marcas Netshoes, Zattini, shoestock e Free Lace, anuncia a abertura do Programa Jovem Aprendiz 2019, em São Paulo. Em busca de jovens talentos que gostem de tecnologia, esportes e moda, a Netshoes tem mais de 30 vagas disponíveis. Os candidatos devem estar cursando ou ter concluído o ensino médio, ter entre 14 e 24 anos e disponibilidade para trabalhar na cidade de São Paulo. São sete vagas administrativas e 24 operacionais, divididas entre os prédios administrativos da Netshoes e a loja da shoestock. A empresa oferece a remuneração e benefícios como o vale-transporte, vale-refeição, vale-alimentação, assistência médica e odontológica, day off de aniversário, parcerias com faculdades e academias e descontos em produtos das lojas. Os interessados devem inscrever-se no site: http://bit.ly/JovemAprendizNetshoes 

Com informações da assessoria de imprensa

InovAtiva Brasil inicia inscrições para seu segundo ciclo de aceleração em 2019
25 de junho

Com o intuito de apoiar empreendedores inovadores e auxiliar no aprimoramento de seus negócios, o InovAtiva Brasil, programa de aceleração de startups da América Latina, está com inscrições abertas para o seu segundo ciclo do ano. As empresas interessadas podem se inscrever no site do programa até 22 de julho. Para participar é necessário que a startup esteja no estágio de operação ou tração e desenvolva soluções inovadoras e tecnológicas. Serão selecionados até 130 negócios, que receberão mentorias gratuitas e se conectarão aos maiores players de empreendedorismo do Brasil. Durante o ciclo, as startups também terão acesso a cursos e conteúdos exclusivos criados para estimular o aperfeiçoamento dos negócios e a possibilidade de fazer networking com outros empreendedores. Para encerrar sua participação no programa, a empresa se apresentará para a maior banca de investidores do país. As startups formalizadas que desenvolvam soluções inovadoras em produtos ou serviços, com as primeiras vendas já realizadas ou com base crescente de usuários, podem se inscrever em: www.inovativabrasil.com.br/.

Com informações da assessoria de imprensa

Contribuintes em débito com a prefeitura de SP podem regularizar situação com precatórios
25 de junho

O decreto municipal (58.767/19) publicado em 24 de maio prevê que devedores do município com débitos inscritos na dívida ativa possam regularizar sua situação mediante a compensação com créditos de precatórios. Os interessados terão prazo de 60 dias para apresentarem seus requerimentos de compensação em sistema eletrônico próprio implementado pela Secretaria da Fazenda com apoio da Procuradoria. Esse tipo de oportunidade beneficia os devedores uma vez que a empresa credora de precatórios pode aproveitar um crédito do qual já é titular para compensar débitos fiscais. No entanto, os contribuintes devem ficar atentos à oferta de precatórios de terceiros que podem ser “inexistentes”, ou seja, a venda de precatórios falsos e/ou simplesmente que não existem. É importante consultar um advogado para que esse profissional possa certificar a existência processual do precatório. Para regularizar o débito o contribuinte deve estar atento ao limite da quitação que é de 92% do montante atualizado do débito. É preciso, ainda, estar inscrito na dívida ativa até março de 2015 e os débitos existentes não podem terem sido parcelados por programas de parcelamentos anteriores, como PPI e PRD, por exemplo. A. Marques Advocacia ressalta que se o benefício é bom para os cofres públicos que contam com um estoque de R$ 18 bilhões de precatórios e têm R$ 106 bilhões para receber, contudo, muito benéfico para o empresário que poderá pagar apenas 8% da dívida com recurso próprio e o restante com precatórios de sua titularidade.

Com informações da assessoria de imprensa

CAIXA atinge lucro líquido de R$ 3,92 bilhões no primeiro trimestre de 2019
24 de junho

No primeiro trimestre de 2019, a CAIXA registrou lucro líquido contábil de R$ 3,92 bilhões, crescimento de 23% em 12 meses, impactado pela estabilidade da margem financeira, pela redução de 24,4% nas despesas de PDD, e pelo aumento de 2,3% nas receitas de prestação de serviços. Com o começo da nova gestão, a CAIXA iniciou o processo de redirecionamento de sua estratégia, baseada nas premissas de ser um banco rentável e com foco na valorização da sociedade brasileira. Para tanto, foram definidos 7 eixos para os próximos anos, englobando: Meritocracia, Controle de Custo, Crédito, Governança, Monetização de Ativos, Mais Brasil e Legado. A Instituição tem seu maior foco negocial na habitação e está reforçando a atuação no setor de crédito imobiliário com recursos da poupança, o SBPE, e na habitação popular, e executou um realinhamento estratégico na carteira de crédito para grandes empresas, que reduziu 40% se comparada ao 1T18. A CAIXA está diminuindo a concentração dessas operações, garantindo uma carteira mais pulverizada e capaz de apoiar o crescimento de um maior número de empresas.

Fonte: Caixa Notícias

Financiamento de automóveis pela Porto Seguro cresce 43% no primeiro trimestre de 2019
24 de junho

Segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), a venda de veículos novos subiu 11,4% no primeiro trimestre, em comparação com o mesmo período do ano anterior. O financiamento para compra de veículos também acompanhou o otimismo do setor. A Porto Seguro Financeira, por exemplo, registrou um crescimento de 43% na contratação do financiamento de carros novos e seminovos durante o período. O investimento em novas tecnologias e na otimização da contratação, atualmente 100% digital, também contribuiu para estimular os resultados positivos. O site tem sido um canal bastante utilizado para a contratação do financiamento. No primeiro trimestre deste ano, 9,3% do total de contratações do serviço foram realizadas pelo site, enquanto em 2017, durante o ano inteiro, apenas 2,6% dos fechamentos foram feitos por este meio. O Estado de São Paulo teve destaque na contratação dos serviços da Porto Seguro Financeira. No total, o estado paulista representou 57% das adesões, enquanto Paraná, Minas gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás e Santa Catarina somaram 43%.

Com informações da assessoria de imprensa

Fintechs de crédito crescem ajudando empresas que sofrem com fluxo de caixa
24 de junho

De acordo com um estudo do US Bank, cerca de 82% das pequenas empresas encerram suas operações por conta de problemas no fluxo de caixa. E dois terços das empresas afirmam que este é o principal problema para se manterem ativas. Em contrapartida, 80% dos comerciantes afirmam que, caso pudessem fazer transferências em tempo real – o que incluem empréstimos online, teriam um incremento em seu fluxo de caixa. Em 2018, as fintechs já eram mais de 10 mil, segundo a ABStartups. Seu grande diferencial é a simplificação dos trâmites para conseguir crédito por meio de empréstimos. A Adianta foca em antecipação de recebíveis para pequenas e médias empresas. Dentre seus diferenciais estão a agilidade na concessão de crédito, com resposta em tempo real e sem burocracia, e taxas de juros e tarifas mais baixas em relação a instituições financeiras tradicionais. Em dois anos de operação, a startup recebeu pedidos de cerca R$ 120 milhões em crédito e recebeu investimento de fundos como Yellow Ventures, OsherTech, 42K Investimentos e DGF Investimentos. A Peak Invest, criada no início de 2018 pelos empresários Leonardo Coelho, Marcio Berger e Diego Pereira, é uma fintech de crédito que une investidores a empreendedores que necessitam de empréstimo. Por meio do formato Peer to Peer lending, a startup permite e opera transações entre pessoas físicas e jurídicas sem a necessidade de um banco como intermediário, propiciando taxas de juros mais justas para tomadores de crédito e melhor rendimento para aplicadores.

Com informações da assessoria de imprensa

Plataforma de empréstimo coletivo já levantou quase R$ 350 mil para negócios de impacto; meta é R$ 1,5 milhão
24 de junho

Os cinco negócios que estão na Plataforma de Empréstimo Coletivo SITAWI, lançada pela SITAWI Finanças do Bem com o apoio do Instituto Sabin, já registraram empréstimos de R$ 330 mil. A plataforma foi lançada em 12 de junho, com o objetivo de permitir que pessoas e organizações invistam diretamente em negócios de impacto socioambiental positivo. A captação se encerra em agosto ou antes, se a meta de todos os negócios for alcançada com antecedência. A soma dos valores pedidos pelas organizações é de R$ 1,5 milhão. Com menos de duas semanas de empréstimos, alguns negócios já passaram da metade do valor pretendido – caso da Cooperativa Ser do Sertão (confira o perfil mais abaixo), que chegou a 62% da meta de R$ 158 mil. Para participar, os interessados poderão acessar o endereço www.emprestimocoletivo.net e pesquisar o perfil, impacto e projeções financeiras dos negócios, e investir na que escolherem, com valores a partir de R$ 1 mil. Os negócios usarão o dinheiro para alavancar suas operações, e pagarão juros de 1% ao mês pelo empréstimo. Dentro de até 24 meses os investidores terão recebido de volta todo o capital que emprestarem, acrescido dos juros. A operação é realizada através do modelo de P2P lending, em parceria com a CapRate.

Com informações da assessoria de imprensa

Itaú Unibanco anuncia transferência de dinheiro para o exterior em minutos
24 de junho

O Itaú Unibanco acaba de anunciar que o serviço de transferência internacional pode ser enviado ao exterior em poucos minutos. O serviço, que normalmente era realizado em até dois dias úteis, valerá para operações realizadas pelo app Itaú no celular, entre 9h30 e 16h do horário de Brasília, e para “envio de dinheiro para conta própria fora do país” ou “auxílio financeiro a estudantes e familiares no exterior”. Segundo o banco, as inovações dos serviços de câmbio no celular reforçam todo o portfólio de câmbio disponíveis nesse canal e empodera ainda mais o cliente, que já prefere o uso do celular para transações bancárias. 

Com informações da assessoria de imprensa

Venda de cartões do BRB cresce 94% em maio
24 de junho

A comercialização de cartões do BRB cresceu 94% em maio, comparada ao mesmo período do ano passado. É o que mostra balanço realizado pelo banco. As ativações também tiveram incremento robusto, e aumentaram em 59% em relação a maio de 2018. O BRB também registrou crescimento de 4% da base de cartões ativos no mês passado. O presidente Paulo Henrique Costa afirmou que o avanço dos negócios do BRB está acontecendo em todos os produtos da instituição. “A ampliação do relacionamento com os clientes é uma prioridade do Banco.  O objetivo é oferecer um portfólio completo, de forma que o BRB seja o primeiro banco de todos os clientes”, disse. Em relação aos cartões do BRB, o presidente destacou que eles apresentam uma série de diferenciais e estão adequados à realidade e às necessidades dos clientes de Brasília.

Com informações da assessoria de imprensa

Loud Voice Services recebe investimento de U$1,5 milhões
24 de junho

A Loud Voice Services, startup de desenvolvimento de experiência de voz humanizada com inteligência artificial que integra diversas soluções de assistentes virtuais, captou 1,5 milhões de dólares em investimento anjo, em apenas sete meses no mercado. A startup já desenvolveu mais de 10 projetos pra grandes empresas entre elas: Reclame Aqui, Oracle, Amazon Web Services. O objetivo da Loud é aumentar em 10x seu faturamento até o final de 2019 e conquistar mais empresas que tenham estruturas onerosas de call center ou que possuam área de atendimento mais antigas. Esse mercado possui grande potencial e nosso objetivo é otimizar ainda mais os serviços e oferecer uma tecnologia de ponta, que possa atender clientes de vários portes, afirma Leonardo Leão, sócio da Loud Voice Services.

Com informações da assessoria de imprensa

Visa B2B Connect é lançada mundialmente
21 de junho

A Visa anunciou na semana passada (11) o lançamento comercial da Visa B2B Connect, rede que permite que as instituições financeiras processem pagamentos corporativos internacionais e de alto valor com rapidez e segurança, no mundo todo. O lançamento da Visa B2B Connect cobre mais de 30 corredores comerciais globais e deve crescer e chegar a 90 mercados até o final de 2019. A Visa B2B Connect elimina o atrito e agiliza as transações corporativas internacionais, facilitando transações do banco de origem direto para o banco beneficiário. A funcionalidade de identidade digital exclusiva da rede tokeniza as informações comerciais sigilosas de uma organização – como detalhes bancários e números de conta – atribuindo a elas um identificador exclusivo, usado para facilitar as transações na plataforma. A funcionalidade de identidade digital da Visa B2B Connect vai transformar a troca de informações nas transações internacionais entre empresas.

Com informações da Visa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top