nota8

Aconteceu na semana

NCR anuncia acordo para aquisição dos principais ativos da OKI no Brasil
06 de junho

A NCR Corporation e a OKI Electric Industry Co., LTDA anunciaram ontem (06) acordo para a aquisição pela NCR dos serviços de TI e selecionados ativos de software para os setores financeiro, de varejo, entre outros. Os detalhes financeiros da transação não foram divulgados. Não fazem parte desse acordo a operação fabril da OKI no Brasil e sua área voltada para o mercado de impressão.

“Esta aquisição permite que a NCR amplie ainda mais seus negócios e agregue valor adicional aos clientes aumentando a amplitude das ofertas de serviços da NCR no Brasil, incluindo opções expandidas de suporte para bancos, varejistas e restaurantes”, disse Michael D. Hayford, presidente e CEO da NCR. “Esta é uma grande oportunidade para a nossa Divisão de Mecatrônica se concentrar na nova estratégia de negócios global para projetar e fabricar tecnologia de reciclagem de notas, e mudar a direção de nossos esforços de vendas para os módulos de reciclagem, além dos produtos ATM finalizados”, disse Shinya Kamagami, presidente e CEO da OKI. “Estamos muito felizes por poder trabalhar com a NCR daqui para frente e vemos isso como um relacionamento comercial complementar”. A transação está sujeita às condições habituais de fechamento. As duas empresas preveem que será uma transição tranquila para clientes, parceiros e funcionários.

Com informações da assessoria de imprensa

Loggi recebe aporte de SoftBank, Microsoft e atinge valor de US$1 bi
06 de junho

A companhia de entrega urbana de encomendas Loggi recebeu aporte de 150 milhões de dólares em uma rodada de investimentos conduzida por SoftBank, Microsoft, GGV, Fifth Wall e Velt Partners, que fez a empresa ser avaliada em 1 bilhão de dólares. A empresa afirma que faz atualmente 100 mil entregas diárias e a meta é realizar 5 milhões por dia nos próximos cinco anos. “A expectativa da Loggi é conectar 100% dos brasileiros até 2020”, afirmou a companhia sem dar detalhes. Segundo a companhia, o investimento será direcionado para expansão territorial da Loggi por meio de centros de expedições urbanos espalhados pelo país e aumento da malha logística, incluindo o transporte aéreo. A Loggi também usará os recursos para montar “uma equipe com mais de mil desenvolvedores de tecnologia… em condições competitivas com os principais centros tecnológicos do mundo, como o Vale do Silício, nos Estados Unidos”.

Fonte: Reuters

Em parceria com outros órgãos, BC lança a Iniciativa de Mercado de Capitais
06 de junho

​A Iniciativa de Mercado de Capitais (IMK) é uma ação estratégica do governo federal voltado para o desenvolvimento do mercado de capitais brasileiro. A informação foi dada pelo presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, no lançamento da IMK na última segunda-feira (3), em São Paulo. A ação tem o objetivo de avaliar e propor medidas de aperfeiçoamento regulatório para reduzir o custo de capital no Brasil; estimular o crescimento da poupança de longo prazo e da eficiência da intermediação financeira e do investimento privado; e desenvolver os mercados de capitais, de seguros e de previdência complementar. Sob coordenação do BC, também fazem parte da IMK representantes do Ministério da Economia, da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Superintendência de Seguros Privados (Susep). Representantes de outros órgãos públicos e do setor privado também poderão ser convidados a contribuir. As medidas da IMK se inserem no conjunto de reformas estruturais do Sistema Financeiro Nacional (SFN) que o BC vem implementando por meio da Agenda BC#, divulgada na semana passada. “Além dos assuntos que já vinham sendo tratados, nossos esforços serão voltados à modernização e à ampliação do ecossistema de instrumentos de private equity, do mercado imobiliário, de hedge, do mercado de derivativos, além de produtos de seguradoras, entre outros”, afirmou o presidente do BC.

Fonte: BC

CAIXA reduz taxas do crédito imobiliário
05 de junho

A CAIXA anunciou, nesta quarta-feira (5) a redução das taxas de juros para financiamentos habitacionais. A medida foi anunciada em coletiva de imprensa realizada no Edifício Matriz da Caixa em Brasília, e promete reaquecer o mercado imobiliário. A taxa mínima para imóveis residenciais enquadrados no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) será de 8,5% a.a. e a máxima de 9,75% a.a. As novas taxas já começam a valer na próxima segunda-feira, 10 de junho. “A taxa mínima estava a 9,75% pelo SFI e 11% na taxa balcão, e a Caixa vinha perdendo mercado, e nós estamos corrigindo essa defasagem”, observou o presidente Pedro Guimarães.

Fonte: Caixa Notícias

CAIXA anuncia renegociação de R$ 10,1 bilhões em dívidas de financiamentos habitacionais
05 de junho

A CAIXA anunciou, nesta quarta-feira (5), a abertura de renegociação de dívidas de 589 mil contratos habitacionais em atraso. Ao todo, esses financiamentos representam 11% da carteira de contratos ativos e somam R$ 10,1 bilhões em dívidas. A principal condição da renegociação será o pagamento à vista de um valor de entrada e a incorporação das prestações em atraso no decorrer do financiamento. “Não temos a intenção de incluir mais juros do que já existe no contrato”, ressaltou o vice-presidente de Habitação, Jair Mahl. Na maioria dos contratos, o valor a ser incorporado nas prestações varia entre R$ 25,00 e R$ 50,00.

Fonte: Caixa Notícias

Hinode: pagamentos com GetNet e Super Digital
05 de junho

O Grupo Hinode, uma das maiores empresas de cosméticos do país, fechou acordo com a GetNet e Super Digital, empresas de adquirência de cartões de banco digital do Santander, para lançar o Hinode Pagamento. O projeto vai começar com 10 mil consultores que estão recebendo a máquina da Getnet sem custo. Eles foram escolhidos entre os vendedores com melhor desempenho. As máquinas já acompanham cartão pré-pago da Super Digital. Para a Hinode, o novo sistema facilita as coisas: no ano passado, foram feitos 40 mil pagamentos a consultores que não tinham conta corrente e que recebiam o bônus via ordem de pagamento.

Fonte: Baguete

Banco Mundial reduz previsão de avanço da economia brasileira em 2019
05 de junho

O Banco Mundial reduziu a previsão de crescimento da economia brasileira. De acordo com o Relatório de Perspectivas Econômicas Global, divulgado nessa terça-feira (4), a previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, neste ano, foi reduzida em 0,7 ponto percentual para 1,5%. Para 2020, a estimativa subiu 0,1 ponto percentual para 2,5%, e para 2021, a previsão foi reduzida em 0,1 ponto percentual para 2,3%. A última previsão desse relatório foi divulgada em janeiro. A estimativa para o crescimento da economia mundial foi reduzida em 2,6%, 0,3 ponto percentual abaixo da previsão anterior, refletindo o comércio internacional e o investimento mais fracos do que o esperado. Para 2020, a estimativa de crescimento foi reduzida em 0,1 ponto percentual para 2,7%. A previsão para 2021, foi mantida em 2,8%.

Fonte: Agência Brasil

Cliente do Nubank terá nova opção de aplicação
04 de junho

Desde terça-feira (04) a startup de serviços financeiros Nubank vai oferecer uma nova opção de aplicação aos seus clientes: investimentos em Recibos de Depósito Bancário (RDB), que possuem rendimentos parecidos com o tradicional Certificado de Depósito Bancário (CDB) e cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) em até R$ 250 mil. O RDB é também o primeiro produto oferecido pela NuFinanceira, criada pela startup após receber aval do Banco Central para se tornar uma instituição financeira, no fim de 2018. Por enquanto, a novidade estará disponível para uma fração dos 4,8 milhões de usuários da conta bancária da startup, a chamada NuConta. Segundo a empresa, o RDB chegará a todos os clientes em duas semanas. A opção é a segunda oferta de investimentos do Nubank – desde 2017, a startup aplica automaticamente os depósitos dos usuários da NuConta em dois tipos de títulos públicos federais, atrelados à Selic e à Taxa Referencial. Como diferencial, a aplicação tinha liquidez diária, mas não contava com proteção do FGC. A partir de agora, o usuário poderá escolher em qual das duas opções deixará sua aplicação automática.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Movile Pay ganha independência e mira segmento de e-wallets na América Latina
04 de junho

A Movile desmembrou sua unidade de pagamentos, a Movile Pay, que passa a ser uma empresa efetiva do grupo com o objetivo de se tornar a maior carteira digital da América Latina. Apenas em sua e-wallet – com pagamento via QR Code -, a companhia registrou mais de 10 mil clientes em apenas cinco meses de operação, informa seu CEO, Daniel Bergman. “Com a Movile Pay, o Grupo Movile pretende se tornar referência em pagamentos digitais na América Latina. O objetivo da empresa é ser uma fintech que soluciona rotinas de cunho financeiro e ser a maior e-wallet da região. Uma das soluções que está em operação pela Movile Pay é o pagamento via QR Code”, diz Bergman, em conversa exclusiva com Mobile Time. O Movile Pay vem crescendo dentro do Grupo. A divisão foi criada após a aquisição do Zoop em 2018, saltando de 2 para 50 funcionários. Bergman explica que havia uma necessidade da Movile em “fortalecer a área de pagamentos e estruturar formalmente” o negócio em um segmento que avança expressivamente no País.

Fonte: Mobile Time

Biometria alcança mais de 67% do eleitorado do país
03 de junho

Etapa 2019/2020 do programa abrange 1.686 municípios em 16 estados

Mais de 98,7 milhões de cidadãos realizaram o cadastro de suas impressões digitais na Justiça Eleitoral, o que corresponde a 67,65% do total dos 145,9 milhões de eleitores do país. Até o fim do ano que vem, eleitores de 1.686 municípios de 16 estados deverão realizar a biometria, de acordo com a lista de localidades que integram a etapa 2019/2020 do Programa de Identificação Biométrica. O objetivo da Justiça Eleitoral é cadastrar biometricamente nesta etapa 35 milhões de cidadãos. De acordo com o Provimento nº 7/2019 da Corregedoria-Geral Eleitoral (CGE), os municípios envolvidos na etapa 2019/2020 do programa encontram-se nos seguintes estados: Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo. O TSE espera que a Justiça Eleitoral atinja 117 milhões de eleitores cadastrados na biometria para as Eleições Municipais de 2020. A expectativa é que a coleta das impressões digitais do eleitorado em todo o país se encerre até 2022.

Com informações da assessoria de imprensa

EUA pedem a solicitantes de visto detalhes sobre redes sociais
03 de junho

O Departamento de Estado americano passou a requerer de quase todos os solicitantes de visto que informem o nome de suas contas em redes sociais, nos últimos cinco anos. As autoridades explicam que a nova exigência é uma medida antiterrorista, mas críticos manifestam sérias preocupações com a liberdade de expressão. O Departamento de Estado também pede o número de telefone e os endereços de e-mail do solicitante correspondentes ao mesmo período. Cidadãos de 38 países e territórios são autorizados a viajar sem visto para os Estados Unidos a passeio ou negócios por até 90 dias. No entanto, necessitam de visto solicitantes que planejem estadias mais longas, cidadãos de outros países e territórios e quem pretenda imigrar para os Estados Unidos. Segundo órgãos de mídia americanos, estima-se que a cada ano 15 milhões de pessoas serão afetadas pela mudança — proposta no ano passado pelo governo Trump. A União Americana de Liberdades Civis criticou a medida, com o argumento de que ela terá efeito desencorajador sobre a liberdade de expressão. Para a entidade, é muito provável que, cientes de serem observadas pelo governo, as pessoas passem a se autocensurar online.

Com informações da Agência Brasil

paySmart Capture, aplicativo de pagamentos com QR Codes, passa a aceitar também pagamentos por mensagem de texto
03 de junho

A paySmart, fintech para carteiras digitais, emissão e processamento de cartões físicos, digitais e wearables, acaba de anunciar uma atualização de sua tecnologia de pagamentos via QR Codes EMV. Disponível para Android e iOS, o paySmart Capture simplifica os pagamentos móveis via assistentes virtuais, chatbots, WhatsApp, Telegram ou Facebook Messenger, sem depender de adquirentes e maquininhas. Lojistas e consumidores ganham com a redução de custos e facilidade de uso. O aplicativo agora passa a aceitar pagamentos por mensagens de texto. Funciona assim: o cliente gera um link de autorização de pagamento e envia esse link para o lojista em qualquer aplicativo de mensagens como o Whatsapp, Facebook Messenger, Telegram, chatbots, ou até mesmo por SMS. Este recurso facilita o processo de entrega, pois o motorista não precisa levar maquininhas para receber o pagamento.

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top