nota8

Aconteceu na semana

PagBrasil e APACPAY ampliam opções para transações cross border
04 de abril

A PagBrasil, fintech brasileira de processamento de pagamentos para e-commerces, anuncia parceria internacional com a APACPAY, prestadora de serviços de pagamento de Singapura com soluções para varejistas digitais. Com o acordo, os clientes APACPAY passam a ter acesso a opções de pagamento brasileiras oferecidas pela PagBrasil. Como plataforma voltada ao mercado brasileiro, que representa mais de 40% do volume de vendas dos e-commerces da América Latina, a PagBrasil oferece aos lojistas e consumidores soluções que vão desde o processamento de pagamentos e coleta do dinheiro, câmbio de divisas e remessas internacionais, até prevenção de fraudes. E conta com catálogo de meios de pagamento, incluindo as soluções próprias Boleto Flash e PEC Flash, bem como transferência online bancária, cartões de débito e cartões de crédito com parcelamento em até 12 vezes. Já a tecnologia da APACPAY permite vendas virtuais com solução para processos de pagamentos. Seu gateway permite transações globais e as redireciona as transações para diferentes adquirentes e provedores, o que dá ao lojista acesso imediato a mais de 200 métodos de pagamentos alternativos em todo o mundo.

Com informações da assessoria de imprensa

Fintech Mais Retorno promove webinar gratuito sobre fundos imobiliários
04 de abril

Mais Retorno, fintech especializada em conteúdo e tecnologia sobre investimentos, promove na próxima terça-feira (9), webinar gratuito sobre fundos de investimentos imobiliários (FII). O evento discute razões de esse produto chamar a atenção de investidores, e tira dúvidas dos internautas sobre suas vantagens e desvantagens. Conduzido por Luis Felipe Vieira, sócio e assessor de investimentos do Mais Retorno, o evento conta com o professor Arthur Vieira de Moraes, que é um dos maiores especialistas no assunto no País. Os interessados podem se inscrever gratuitamente no website http://maisretorno.com/blog/live-fii-arthur-vieira-moraes e deixar perguntas que serão respondidas ao vivo pelos especialistas.

Com informações da assessoria de imprensa

Instituto TIM abre inscrições para programa de empreendedorismo universitário
03 de abril

Muitos universitários têm ideias incríveis para os seus trabalhos de conclusão de curso – os famosos TCCs – mas falta apoio para tirá-las do papel. Esse é justamente o objetivo do Academic Working Capital (AWC), iniciativa do Instituto TIM que oferece apoio financeiro, técnico e de negócios para estudantes que querem transformar seus projetos em startups de base tecnológica. As inscrições para a quinta edição do programa estão abertas até 22 de abril no site awc.institutotim.org.br/inscreva-se/. Podem se inscrever universitários de qualquer área da graduação, com projetos voltados para soluções tecnológicas ou de inovação. Os grupos podem ter até quatro integrantes, todos na graduação e com pelo menos um dos membros na fase final, fazendo o TCC. Estão aptos a participar alunos matriculados em universidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul. E devem se cadastrar desde já no site do programa para receber um e-mail com as instruções de participação. Os autores dos projetos selecionados terão orientação técnica e de negócios, participarão de workshops e serão acompanhados semanalmente por monitores do AWC. Em dezembro de 2019, os jovens empreendedores terão ainda a oportunidade de participar de uma feira de investimentos, onde poderão apresentar suas soluções para profissionais do mercado e investidores

Com informações da assessoria de imprensa

Worldline lança soluções para impulsionar comércio europeu
03 de abril

A Worldline, especializada em meios de pagamentos que atua no Brasil processadora de pagamentos (gateway) global, apresenta novas soluções que permitem aumentar a performance e a experiência dos consumidores. A primeira delas é a One Commerce Hub plataforma de pagamento omnichannel, que captura transações offline e online, o que melhora a gestão dos processos e varejo. Para o consumidor final, a experiência permite, por exemplo, que a loja física use os dados do cartão de crédito já cadastrados no e-commerce para efetuar o pagamento sem a necessidade de tirar o plástico da carteira ou osmartphone. Outro lançamento é o dispositivo de pagamento interativo ominichannel YUMI. Multifuncional inteligente, ele aprimora a experiência do varejo e permite mais interação entre clientes e varejistas, além de ampliar as funcionalidades de pagamento permitindo, por exemplo, fechar pedidos em restaurante e até doações para instituições. Mais informações

Com informações da assessoria de imprensa

B2Mamy lança financiamento coletivo para espaço colaborativo para mães empreendedoras
03 de abril

A B2Mamy, aceleradora que conecta mães ao ecossistema de inovação, acaba de lançar campanha de financiamento coletivo para criação da Casa B2Mamy, espaço colaborativo idealizado para pertencimento, mentoria e capacitação com em inovação, soft skills, tecnologia e empreendedorismo. A ideia é criar um ponto de encontro para a comunidade, onde acontecerão workshops, palestras e outros eventos, além de funcionar também como um coworking. Também ser um espaço de pesquisa de mercado e ativação para empresas que tenham fit com o público que estará lá. O objetivo é captar R$ 179 mil reais para manter o projeto durante 6 meses. Os interessados em contribuir com o funcionamento da Casa B2Mamy podem acessar o site do Kickante, escolher o valor da contribuição e a respectiva recompensa.

Com informações da assessoria de imprensa

Novo fundo do BTG Pactual digital replica Ibovespa com taxa de 0,15% ao ano
03 de abril

O BTG Pactual digital, plataforma 100% online de investimentos do Banco BTG Pactual, lança o BTG Pactual Ibovespa indexado FIA. Trata-se de um fundo de ações atrelado ao Ibovespa que aplica em diversas ações que compõem o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores. O objetivo deste índice é refletir o desempenho médio das cotações das ações mais negociadas e mais representativas do mercado acionário brasileiro. O fundo é similar às ETFs (Exchange Traded Funds) e, em comparação a elas, tem duas vantagens: a) a menor taxa de sua categoria, de 0,15% a.a, e b) o investidor não precisa de conta em uma corretora ou na B3, já que as ETFs são comercializadas apenas na Bolsa. A aplicação e a movimentação mínima é de R$ 500.

Com informações da assessoria de imprensa

Thales anuncia aquisição de desenvolvedor de identidade digital da Gemalto
03 de abril

Em coletiva de imprensa durante a LAAD Defence & Security nesta terça (02), a Thales anunciou a aquisição do Gemalto – desenvolvedor de identidade digital e segurança de renome mundial. A tecnologia promete ser líder mundial em segurança de dados e na cadeia de decisões críticas. O foco é a América Latina, aumentando, assim, a presença da empresa na região. Na ocasião, a vice-presidente global da Thales, Pasquale Sourisse, enfatizou a importância da aquisição. Vamos passar de 600 para 2.500 funcionários no setor na América Latina, disse. Com isso, serão cinco novas fábricas. Três apenas no Brasil: em São Paulo (sede da Gemalto), em Curitiba (PA) e em Barueri (SP). E mais duas no México. Segundo ele, o propósito principal da Thales com a Gemalto é ser líder global em segurança digital.

Com informações da assessoria de imprensa

Seis entre dez líderes em Business 4.0™ esperam crescer dois dígitos nos próximos três anos, revela estudo global da TCS
03 de abril

A Tata Consultancy divulga os resultados de uma pesquisa ‘Winning in a Business 4.0™ World’, que revela que 60% das empresas em nível mundial – que adotaram um conjunto completo de comportamentos de negócio necessários para prosperar no universo do Business 4.0™ – esperam crescer mais de 10% nos próximos três anos. O estudo global da TCS incluiu líderes pela tomada de decisão de negócios de mais de 1,2 mil grandes empresas, abrangendo 11 setores e 18 países. O estudo compara grandes empresas em suas jornadas de crescimento e transformação rumo ao Business 4.0™, mapeando a adoção de quatro comportamentos de negócios fundamentais: realizar a personalização em massa, gerar valor exponencial, explorar ecossistemas e abraçar riscos. Entre as constatações estão: 9% dos participantes da pesquisa ou \’Líderes\’ adotaram todos os quatro comportamentos. 82% das empresas, ou os chamados \’Early Adopters\’, abraçaram um dos três comportamentos, sendo que a personalização em massa foi o mais predominante (78%).  As empresas europeias foram responsáveis pelo maior número de Líderes, seguidas pelas regiões da Ásia-Pacífico e América do Norte, quando ajustadas para o mix de respondentes. Os resultados completos dessa pesquisa estão disponíveis em https://www.business4.tcs.com.

Com informações da assessoria de imprensa

Ancord anuncia parceria com a FK Partners e lança mais seis opções de cursos a distância na área financeira
03 de abril

A Ancord, Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias, acaba de lançar mais seis opções de curso no seu Programa de Ensino a Distância. As adições na grade são parte de uma parceria – anunciada recentemente pela entidade – com a FK Partners, uma das maiores escolas de treinamento em finanças do País. Agora, será oferecido um total de nove cursos a distância. Com a parceria, a Ancord passa a ampliar sua oferta de cursos voltados ao aprimoramento continuo de profissionais dos mercados financeiro, de capitais e com a qualidade da FK Partners. O investimento em cada curso é de R$ 370 e o acesso é de até 90 dias pelo aluno. A entidade oferece um pacote completo com todos os cursos da parceria por R$ 1.800. Os conteúdos disponíveis neste caso são: Alocação de Ativos e Rebalanceamento de Carteiras; Certificado de Operações Estruturadas – COE; Planejamento Financeiro e Finanças Comportamentais; Planejamento Sucessório;

Planejamento Tributário e Psicologia da Afluência

Com informações da assessoria de imprensa

Diário Oficial da União traz decreto sobre CPF ser utilizado para acesso a serviços públicos
02 de abril

O Cadastro de Pessoa Física (CPF) passará a ser utilizado como a única maneira de acesso dos cidadãos a informações constadas nos sistemas da Administração Pública Federal. A medida foi publicada no Diário Oficial da União do dia 12 de março, por meio do Decreto nº 9.723, e tem como principal intuito diminuir a burocracia e outras exigências que geram custos extras para a Administração Pública e para os próprios usuários. Com o número do CPF, a pessoa não precisará mais apresentar ou memorizar outros dígitos para ter acesso aos serviços públicos. As entidades da Administração Pública que ainda não utilizam o número de CPF, como única chave para identificação dos usuários em seus sistemas, terão até três meses para realizar a adequação e até um ano para unificar as bases de dados e cadastros a partir do CPF.

Com informações da assessoria de imprensa

Pagamentos instantâneos reduzirão custo por transação para centavos, prevê especialista
02 de abril

A regulamentação dos pagamentos instantâneos, em discussão no Banco Central, vai reduzir drasticamente o custo por transação financeira. “Minha expectativa é de que saia da casa dos reais para a casa dos centavos”, diz Pietro Bonfiglioli, da Fisher Venture Builder. Levantamento feito pela empresa com diversos tipos de transações, desde remessas até TEDs e DOCs, revela que o custo hoje varia de R$ 2,30 até R$ 143,25. O advento dos pagamentos instantâneos, entretanto, não vai significar necessariamente um enxugamento na quantidade de intermediários envolvidos em uma transação. Quanto ao impacto dos pagamentos instantâneos no dia a dia das pessoas, Bonfiglioli acredita que não será imediato. “Não acho que vai ser tão rápido o impacto de pagamentos instantâneos. Mudar hábitos de consumo não é fácil. Demora muito. Veja o caso do NFC”, avalia

Fonte: Mobile Time

DMCard adquire carteira de cartões próprios da 3ª maior rede de supermercados do Rio Grande do Sul
02 de abril

A DMCard, administradora de cartões private label especialista em varejo e em tecnologias de sistemas de pagamento, acaba de adquirir 100% da carteira de cartões de loja da UnidaSul, empresa gaúcha que administra as redes Supper Rissul (varejista) e Macromix (atacado). Juntas, totalizam 46 lojas formando a terceira maior rede supermercadista do Rio Grande do Sul, com um faturamento anual de R$ 1,4 bilhão, segundo o ranking da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas). A compra potencializa a penetração da DMCard na Região Sul do país e reforça sua estratégia de aquisição de carteiras de cartões private label do varejo como um dos caminhos para manter seu ritmo de crescimento acentuado.

Com informações da assessoria de imprensa

Vivo e Samsung anunciam parceria para o pagamento de aplicativos
01 de abril

Clientes com celular Vivo que têm smartphones da Samsung podem adquirir apps na Galaxy Store e pagar direto na conta ou com créditos pré-pagos. Com a novidade, ao escolher o conteúdo pago na Galaxy Store, o usuário será direcionado à área de pagamento e poderá escolher entre finalizar a compra com cartão de crédito ou a nova opção, chamada de “Pagamento Vivo”. Com isso, quem tem celular da operadora passa a contar com mais uma opção para adquirir aplicativos e temas preferidos da plataforma de forma prática, caso o cartão de crédito não esteja disponível no momento. Para isso, basta inserir a senha de sua Samsung Account. A DOCOMO Digital será a integradora da solução.

Fonte: Olhar Digital

Novo sistema de boletos reduz circulação de dinheiro em espécie, em R$ 5,1 bilhões
29 de março

Em plena operação desde dezembro, o sistema de pagamento de boletos, conhecido por Nova Plataforma de Cobrança, deve envolver a emissão de 6,6 bilhões de boletos neste ano, e reduziu a necessidade de saques de dinheiro em espécie no total de R$ 5,1 bilhões, já em seus três primeiros meses de funcionamento. A FEBRABAN calcula que o novo sistema, que exigiu investimentos de R$ 500 milhões dos bancos, vai eliminar o equivalente a R$ 450 milhões em fraudes por ano. A economia no uso de dinheiro em espécie foi obtida com 50 milhões de boletos que, no período de dezembro de 2018 a fevereiro deste ano, foram pagos em uma instituição financeira diferente daquela em que foi emitido o boleto. O total é equivalente a 65% dos documentos pagos, nesse período, após a data de vencimento. Antes da Nova Plataforma, uma conta vencida só poderia ser quitada na própria instituição financeira destinatária (emissora do boleto), o que exigia o saque em dinheiro para pagamento.

Fonte: Febraban

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top