nota8

Aconteceu na semana

ABComm consegue liminar que limita reajuste de preço dos Correios
25 de abril

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) obtém liminar, deferida pela 21ª Vara da Justiça Federal de São Paulo, que limita o reajuste nas tarifas do Sedex e do PAC que vinham sendo praticadas, desde março, pelos Correios. O reajuste máximo das tarifas da empresa pública federal estão limitados a 8%. O descumprimento gera multa diária de R$ 50 mil. A decisão é parcial. A cobrança da taxa extra de R$ 20 para produtos não quadrados foi indeferida. A ABComm ainda aguarda resolução judicial sobre outra cobrança extra, no valor de R$ 3, para entregas em regiões de risco ou de conflito.

Com informações da assessoria de imprensa

Grandes bancos devem lucrar R$ 16,9 bilhões
24 de abril

Com a expectativa de uma retomada mais consistente do crédito e calotes em queda, os grandes bancos brasileiros devem manter a rotina e registrar mais um trimestre de lucros em alta. O resultado combinado de Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander Brasil deve atingir R$ 16,9 bilhões, um avanço de 8,5% em relação aos três primeiros meses do ano passado, conforme a projeção média de analistas. Embora se trate de um resultado expressivo, o ritmo de crescimento será menor em relação ao que se viu nos últimos trimestres, à medida que a queda da taxa básica de juros (Selic) mostrar os primeiros sinais de pressão nas margens.

Fonte: Valor Econômico

Lucro do espanhol Santander avança no trimestre
24 de abril

O grupo espanhol Santander informou na terça-feira (24) que seu lucro líquido aumentou 10% no primeiro trimestre ante o mesmo período de 2017, a 2,05 bilhões de euros, ultrapassando as expectativas dos analistas ouvidos pela FactSet, de 2,03 bilhões de euros. A margem financeira foi de 8,45 bilhões de euros, com alta de 0,6%. A receita total atingiu 12,15 bilhões de euros. O capital de Nível 1 aumentou para 11%. As perspectivas para 2018 continuam positivas e estou confiante de que as nossas equipes vão executar bem [os planos] para alcançarmos os objetivos para este ano, assim como apresentar um crescimento responsável e rentável para o futuro, disse a presidente mundial do grupo, Ana Botín ao jornal Valor Econômico. Segundo ela, o crescimento do lucro foi impulsionado pelos resultados sólidos do Santander no Brasil, Espanha e México, além de uma melhoria do desempenho nos EUA.

Fonte: Valor Econômico

Plusoft abre vagas de TI em São Paulo
24 de abril

A Plusoft, que oferece ecossistema de relacionamento com clientes, está com nove vagas abertas para profissionais de Tecnologia da Informação (TI) para atuarem dentro da companhia, localizada em São Paulo. As oportunidades são para os cargos de Desenvolvedor Front-end; Analista Programador Android; Analista Programador Java; Analista de Sistemas; Gerente de Projetos e Gerente de Pré Vendas. Os profissionais interessados precisam ter formação na área de TI.

Com informações da assessoria de imprensa da empresa

Procura pelo setor de consórcios cresce 21%
24 de abril

O sistema de consórcios encerrou 2017 contabilizando R$ 101,47 bilhões em negócios realizados, 21% mais que o ano anterior quando chegou a R$ 83,87 bilhões. Os dados são da Associação Brasileira de Administradores de Consórcios (ABAC).

Fonte: Noticenter

Trigg distribui R$ 1 milhão em cashback em seu primeiro ano de operação
24 de abril

A fintech Trigg devolveu R$ 976 mil aos usuários do seu cartão de crédito na forma de cashback durante o seu primeiro ano de operação, entre março de 2017 e março de 2018. A empresa devolve entre 0,55% e 1,3% do valor de cada compra para o portador do cartão – o percentual varia de acordo com o gasto mensal total do cliente. O cashback foi escolhido como benefício competitivo pela empresa com base em pesquisas que realizou com seu público-alvo antes da sua entrada em operação. Além disso, a Trigg já distribuiu R$ 1,2 milhão em empréstimos desde que lançou esse serviço, há quatro meses. E 11% da sua base de clientes utiliza mensalmente um serviço chamado de saque planejado, que consiste na realização de um saque em dinheiro com seu cartão, informa a Mobile Time.

Fonte: Mobile Time

Redução da taxa de juros torna poupança mais atrativa, mostra estudo
22 de abril

As sucessivas reduções da taxa básica de juros, a Selic, estão tornando o mais tradicional investimento do país, a poupança, mais atrativa. Desde outubro de 2016, a Selic já passou por 12 cortes seguidos e a expectativa é de que volte a ser reduzida do atual patamar de 6,5% ao ano para 6,25%, em maio. No início do atual ciclo de cortes, a Selic passou 14,25% para 14% ao ano. Desde maio de 2012, há regras diferentes para o cálculo da poupança de acordo com o nível da Selic. Quando a Selic fica igual ou acima de 8,5% ao ano, a caderneta rende 6,17% no período (0,5% ao mês) mais a Taxa Referencial (TR), tipo de juro variável. Abaixo de 8,5% ao ano, a caderneta rende 70% da taxa Selic mais variação da TR.

A rentabilidade da poupança não sofre incidência de Imposto de Renda (IR) e não há cobrança de taxa de administração, como nos fundos de investimento, por exemplo. “Mesmo com a queda da Selic, os fundos continuaram cobrando o mesmo percentual de taxa de administração que cobravam anteriormente. Ou seja, quando a Selic estava em 14,25%, as taxas variavam de 1,5% a 3% e agora que a Selic está em 6,5% ao ano, continuam cobrando a mesma taxa”, disse o diretor de Economia da Anefac Miguel de Oliveira, à Veja On-line.

Fonte: Veja On-line

Defesa do Consumidor aprova proposta que proíbe cláusula de fidelização em contratos de serviço
20 de abril

A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou o Projeto de Lei 8626/17, do deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE), que estabelece como abusiva a cláusula de fidelização nos contratos de prestação de serviços. Segundo o texto, serão nulas de pleno direito as cláusulas que fixem multas em caso de cancelamento antecipado do contrato. A proposta muda o Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90).

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Últimos dias para as inscrições do programa de empreendedorismo do Instituto TIM
20 de abril

O Instituto TIM convoca jovens universitários para inscreverem seus projetos na 4ª edição do Academic Working Capital (AWC), programa que oferece apoio financeiro, técnico e de negócios para ideias inovadoras. Entre 22 e 30 de abril, estudantes em fase final de graduação que possuem seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) voltado para uma solução tecnológica ou de inovação poderão inscrever os seus cases no site do programa (awc.institutotim.org.br/inscreva-se/). As melhores iniciativas receberão acompanhamento, orientação de negócios e recursos financeiros para transformar sua ideia em um produto ou negócio. Após se cadastrar no site do programa (awc.institutotim.org.br/inscreva-se/), os interessados recebe e-mail com as instruções de participação. Os documentos necessários para a inscrição deverão ser enviados pelos estudantes para o e-mail oficial do programa entre os dias 22 e 30 de abril.

Com informação da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top