Crédito: Freepik.com.br

ABCD bate recorde de iniciativas em prol das fintechs de crédito em 2023

Associação encaminhou 29 manifestações, notas técnicas e ofícios para diversos órgãos e entidades do segmento
Entrando em seu oitavo ano de atuação, a Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD) encaminhou em 2023 o maior número de manifestações, notas técnicas e ofícios às entidades ligadas ao setor desde a sua fundação.
Ao todo, a ABCD direcionou 29 iniciativas, em sua grande maioria pleitos das associadas, voltadas ao desenvolvimento de um mercado financeiro mais inclusivo, seguro e inovador para instituições como Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), Banco Central do Brasil (BCB), Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ministério da Fazenda (Secretaria de Reformas Econômicas) e Superintendência de Operações e Canais Digitais do BNDES.
Por meio de diálogo contínuo junto aos órgãos reguladores, governo e players do segmento, a associação participou ativamente de debates sobre os principais temas relacionados à agenda financeira do país, tais como Pix, Consignado Privado e Público, Otimização de FIDCs, Identidade Digital e Combate a Fraudes, Remuneração de Administradores de SCDs e SEPs, Marco Legal das Garantias, Programa Desenrola Brasil e Resolução Conjunta CMN/BCB nº 6. 

“Foram 12 meses intensos de trabalho que exigiram uma forte disciplina estratégica para acompanhar e influenciar diversas frentes em paralelo, as quais resultaram em inúmeras conquistas para as fintechs associadas e também para o setor de crédito digital como um todo. Nosso papel é gerar segurança jurídica para fortalecer e aprimorar o ecossistema em prol de um mercado pautado pela disrupção, descentralização financeira e democratização do crédito”, afirma Claudia Amira, diretora-executiva da ABCD.

Para este ano, a entidade estabeleceu concentrar esforços em torno de questões como Drex, Teto do Rotativo do Cartão e Portabilidade + Educação Financeira, Duplicata Escritural, Inteligência Artificial, arcabouço regulatório de SCFIs, Conglomerados tipo 3 e Open Finance, entre outras. 

“Além disso, ao longo de 2024 vamos anunciar novas parcerias, apoiar os principais eventos do setor e lançar a quarta edição da Pesquisa Fintechs de Crédito Digital, que desde 2019 traz uma análise aprofundada sobre o amadurecimento do setor de crédito digital”, completa Claudia.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top