nota8

95% das empresas clientes da F(x) buscam capital de giro

A instabilidade econômica e política do Brasil colocou o empresário em caminhos tortuosos e cheios de obstáculos na busca por crédito. Segundo a F(x) – leia-se FdeX –, fintech que conecta empresas que buscam crédito a fontes de financiamento, quando as companhias se veem sem recursos financeiros para investir nos negócios, uma alternativa é buscar empréstimos para capital de giro. Tanto que 95% das corporações cadastradas em sua plataforma buscam capital de giro, que está associado a despesas como pagamentos, salários e manutenção de estoques, que movimentam as contas corporativas e fazem o negócio acontecer. Em meio a um cenário de crise, a concessão de novos financiamentos diminui, mesmo para companhias com histórico de bons pagadores. Outra pedra no caminho é a concentração de crédito em poucos bancos, comenta o fundador e CEO da F(x), Dan Cohen.

Neste contexto, a startup lança o Dashboard de produtos financeiros, um canal de acesso instantâneo, com opções que incluem crédito com garantia real, crédito sem garantia, crédito com garantia de recebíveis e desconto de recebíveis. Estamos em um processo constante de inovação para facilitar a vida dos empresários e agora começamos a funcionar como um hub de crédito para todos os players do mercado, desde FIDCs até as fintechs de crédito, explica Cohen.

Com a solução, as empresas podem receber propostas de crédito para diferentes finalidades e aquelas que buscam financiamento têm mais alternativas para escolher. A F(x) informa que, em outros tipos de negociações, não haveria a oportunidade de conhecer novas ofertas de empréstimos ou receber oferta maior do que solicitou. Além disso, a ferramenta online reduz custos de captação de recursos e o prazo, que pode ser de 12 a 24 meses. “Esse tipo de empréstimo, normalmente, tem prazos mais curtos,” informa nota da F(x) enviada à imprensa.

Cohen explica que os algoritmos da tecnologia de matching e inteligência artificial do Dashboard identificam as melhores combinações entre necessidades de financiamento e os financiadores cadastrados, e fazem sugestões para que as empresas aumentem suas chances de sucesso em uma captação. Além disso, ele faz pregões, que viabilizam melhores preços e ofertas, além de funcionar como uma solução de relacionamento.

Ainda em fase de implantação, o modelo comercial da ferramenta é por meio de assinaturas, cujo valor mensal deve ficar em torno de R$ 500. A F(x) conta com mais de 150 alternativas de financiamento cadastradas pelos mais variados tipos de financiadores entre bancos médios, fundos de investimento, financeiras, cooperativas de crédito, fintechs e FIDcs, entre outros.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top