nota5

103 das 500 maiores empresas do Brasil têm 1,67 bi de e-mails e senhas vazados

Por Edilma Rodrigues

São cada vez mais frequentes e complexos os ciberataques e invasões com violação de informações sensíveis, como o roubo de 350 milhões de dados pessoais e financeiros sofrido por uma empresa de crédito, que o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios investiga. Mesmo com os crescentes aportes das companhias brasileiras em tecnologias para se protegerem contra crimes cibernéticos (investimento em segurança da informação cresce de 30% a 40% anualmente no país, segundo a PWC), ainda está longe de ser suficiente.

Levantamento da UPX Technologies, de março de 2018 reportado esta semana, identificou que 20% das 500 maiores companhias do Brasil, com faturamento anual acima de R$ 6 bilhões, tiveram 1,67 bilhão de e-mails e senhas vazados na internet. O estudo analisou dados de 148 corporações desta lista e encontrou o problema em 103 (70%) delas. “Os dados coletados pelos nossos mecanismos de busca alertam para a necessidade de as empresas investirem mais no setor de cibersegurança e na conscientização de seus colaboradores,” avalia o CEO e Presidente da UPX Technologies, Bruno Prado.

Especialistas em segurança da informação há muito tempo alertam para a necessidade contínua de desenvolver tecnologias que façam frente a novas e cada vez mais sofisticadas modalidades de invasões e roubo de informações. E da importância de se conscientizar as pessoas que continuam caindo nessas ameaças e em antigas. Todo tipo de ataque – malwares; comércio ilegal de informações de brasileiros por sites internacionais; sequestro de dados digitais, conhecido como ransomware; phishing; ataques DDoS, etc. – continua a fazer vítimas e a causar prejuízos. Para se ter uma ideia, o custo médio dessas violações para empresas brasileiras, segundo estudo da IBM e do Instituto Ponemon divulgado recentemente, é de R$ 1,24 milhão.

De acordo com o CEO e Presidente da UPX Technologies, o vazamento de dados sensíveis é um assunto crítico dentro das corporações, uma vez que o acesso de pessoas não autorizadas a esses e-mails pode comprometer informações confidenciais que são cruciais para os negócios.  

Com informações da assessoria de imprensa e Agência Brasil

No dia 29 de novembro será realizado o Fórum Brasileiro de Proteção de Dados. Garanta sua inscrição clicando aqui e atualize-se em relação ao tema.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top