Visa entra com pedido de patente para moeda digital Ethereum


Por Edilma Rodrigues

A Visa entrou com pedido de patente para criar uma moeda digital registrada em blockchain, provavelmente usando Ethereum, no US Patent & Trademarket Office, escritório de marcas e patentes dos EUA. A Cointelegraph informa que foram os inventores Simon J.Host e Alexander Pierre, da Visa International Service Association, em San Francisco, que fizeram a solicitação. 

O resumo do pedido, disponibilizado pelo escritório de patentes, diz: “As técnicas apontadas incluem o recebimento, por um computador da entidade central, de uma solicitação de moeda digital. A solicitação inclui um número de série e uma denominação de uma moeda física. O computador da entidade central gera a moeda digital para a denominação e a vincula ao número de série. A geração inclui o registro da moeda digital em uma blockchain. O computador da entidade central transmite uma notificação da geração da moeda digital. O computador da entidade central causa a remoção da moeda física de circulação em um sistema de moeda fiduciária.”

O pedido, ainda segundo a Cointelegraph, cita a Ethereum como uma possível rede. O aplicativo detalha dois registros, um dos quais indicaria “a moeda digital para uma quantia associada à denominação foi criada para uma chave pública associada a uma carteira digital”. O outro registro observa a “remoção da moeda física de circulação em um sistema de moeda fiduciária”.

A publicação ainda esclarece como é o processo centralizado, descrito no aplicativo, para manter o valor da moeda digital: 

“… toda vez que um dólar em moeda fiduciária digital é gerado, a entidade central garante que uma nota de dólar física correspondente seja removida de circulação, a fim de regular o valor da moeda fiduciária digital.”

Uso do Dólar e possivelmente de outras moedas

Enquanto o dólar americano é mencionado especificamente como uma das moedas fiduciárias a serem usadas, a Forbes informou que a patente poderia se aplicar a outras moedas digitais do banco central, como libras, ienes e euros: “A moeda física de um banco central em qualquer lugar do mundo poderia ser digitalizada.”

Fonte: Cointelegraph


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).