Oxigênio Aceleradora lança novo modelo de aceleração


Por Edilma Rodrigues

A Oxigênio Aceleradora iniciou, na quinta-feira (16), nova fase de aceleração, voltado para startups em fase de tração. O objetivo do modelo é impulsionar empresas em estágios mais avançados. As startups terão o acompanhamento de mentores de mercado, equipe da Oxigênio Aceleradora e executivos da empresa. Serão selecionadas até 10 startups por ciclo, com dois ciclos por ano, sendo quatro meses de aceleração no escritório da Oxigênio em São Paulo. “O espaço conta com um equipado laboratório de tecnologia, auditório, salas de reunião, local onde recebe e promove eventos sobre inovação e empreendedorismo,” descreve a empresa.  

A seleção considera a sinergia das soluções com os negócios da Porto Seguro, dentro dos temas direcionadores eficiência operacional; aumento de receita; melhoria operacional e redução de custos. E das seguintes tecnologias de interesse: inteligência artificial; IoT; Analytics; RPA; smartcontracts e blockchain, e insurtechs.

O maior objetivo, de acordo com o gerente de pesquisa e desenvolvimento da Porto Seguro e Oxigênio Aceleradora, Mauricio Martinez, é criar oportunidades de negócios com a Porto Seguro, desenvolver empresas com soluções inovadoras e assim estimular o ecossistema do empreendedorismo no Brasil. “Essa nova fase oferece uma série de facilidades às startups que já têm um projeto em andamento e precisam de estímulos para seguir com seu trabalho. Queremos startups que ofereçam soluções aos nossos negócios e contribuam para o mercado”, assinala Martinez.

As startups selecionadas poderão ter créditos em consultorias jurídicas, designer, growth, desenvolvimento e assessoria de imprensa, além de créditos em nuvem (AWS, Google e IBM), plataforma de contratação de desenvolvedores e vouchers de desconto com parceiros. A Oxigênio vai ainda provocar encontros com outras empresas parceiras e clientes do Grupo Porto Seguro, a fim de propiciar oportunidades de negócios para essas empresas. “Atenta às necessidades dos novos empreendedores, a Oxigênio acredita que oferecendo consultorias qualificadas pode influenciar para que as startups multipliquem seu crescimento e criar um case de negócio com a Porto Seguro pode trazer benefícios para ambos os lados”, explica Martinez.

Outra mudança do programa é que agora ele será equity free, ou seja, as startups não precisam abrir mão de nenhuma participação societária para serem aceleradas. Isso abre espaço para a participação de startups em diferentes estágios, que estejam ou não captando investimentos.

Os interessados no novo processo seletivo, podem se cadastrar pelo site da aceleradora https://oxigenioaceleradora.com.br/.

Com informações da assessoria de imprensa


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).