Nubank delibera investimento de US$ 1 bilhão com SoftBank


O SoftBank parece estar em conversações oficiais com a fintech brasileira Nubank sobre um acordo de investimento no valor de até US$ 1 bilhão, segundo notícias recentes.

Em resumo

“As conversas estão em estágio inicial e os valores finais ainda não foram determinados”, conta uma fonte anônima. Fontes também dizem que o SoftBank, conglomerado japonês com olhos colados na América Latina, poderia investir até US$ 1 bilhão. No frigir dos ovos, a avaliação do Nubank pode chegar a US$ 10 bilhões, segundo o blog de tecnologia da Vox, Recode.

Levando tudo isso em conta, o Nubank parece estar a caminho de se tornar a mais valiosa startup de tecnologia financeira da história da América Latina.

Em profundidade

Apesar de o Nubank estar “sempre considerando oportunidades de levantar fundos”, o banco entrante se recusou a divulgar qualquer informação sobre o negócio com o SoftBank. Da mesma forma, o Softbank também declinou de comentar sobre o desenvolvimento recente.

O Nubank já levantou US$ 400 milhões em sete rodadas de financiamento desde sua fundação, há cinco anos. Investidores anteriores incluem a Sequoia Capital, Kaszek Ventures, Tiger Global Management e Tencent. No ano passado, a contribuição da Tencent de US$ 180 milhões para o Nubank também ajudou a empresa a aumentar sua avaliação para US$ 4 bilhões na época.

Indo à frente, o novo capital ajudaria o Nubank a expandir as operações fora do Brasil. Em seu país natal, 8,5 milhões de clientes usam seus serviços, como cartões de crédito alternativos para os desbancarizados. Em maio, a fintech também estreou no México, onde administrará uma equipe de 100 pessoas até o final do ano.

No mês passado, o SoftBank investiu no Rappi, empresa colombiana de entregas, como parte de seu Innovation Fund, avaliado em US$ 5 bilhões. Anteriormente, a instituição apoiou também a Gympass, Creditas e Loggi por toda a região.

1 – N.T. – Segundo matéria da Exame, “o Nubank acabou de superar a marca de 9 milhões de clientes no total, sendo 5,5 milhões de contas digitais. Crescendo a um ritmo de 10% ao mês, o banco virtual tornou-se a sexta maior instituição financeira do país em número de clientes.”

Fonte: Contxto

Tradução e adaptação: Edilma Rodrigues


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).