Neo Câmbio isenta taxa Swift para remessas internacionais acima de US$ 3 mil


A fintech de câmbio on-line Neo Câmbio fechou parceria com o Banco BS2 (antigo Bonsucesso) para conceder isenção da taxa Swift em remessas monetárias acima de US$ 3 mil. Para valores menores, o custo é fixado em R$ 40 que, segundo a empresa, é até três vezes mais barato do que o cobrado pela maioria das instituições financeiras. “Conseguimos limitar nosso spread a 1.75%, que representa metade da média do mercado”, afirma o CEO da Neo Câmbio, Jung Park.

Vale lembrar que Swift é a taxa fixa cobrada por bancos e instituições financeiras para realizar transações monetárias internacionais com conversão de moeda. Além dela, também há o spread cambial que costuma variar entre 3% e 4% sobre o valor total.

A iniciativa é um movimento da fintech, criada em novembro de 2016, para aumentar os serviços ofertados aos usuários. A expectativa da empresa, hoje com 10 mil clientes recorrentes, é multiplicar esse número por cinco até o fim de 2018.

Além da comparação, negociação e compra de moedas estrangeiras e das remessas internacionais, a startup passa a permitir a contratação de seguro viagem em sua plataforma. Para isso, a Neo Câmbio ampliou a carteira de empresas prestadoras destes serviços. “Passamos a nos posicionar também como um marketplace de seguros viagem”, explica Jung. A plataforma também passou por mudanças que facilitaram o cadastro, as transações e a usabilidade em geral.

Segundo o executivo, no caso da compra de moedas, o algoritmo da fintech varre a internet em busca dos melhores preços. As atualizações das flutuações cambiais são em tempo real e negociam preços até 10% mais baratos com players do setor.


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin e Twitter).