Mercado financeiro se reúne para discutir o futuro


Por Edilma Rodrigues

Cerca de 400 representantes do ecossistema financeiro participaram ontem (28) das discussões sobre as inovações dos serviços financeiros e o futuro do setor, durante o CISF – Congresso de Inovação em Serviços Financeiros – open banking e pagamentos instantâneos, promovido pela Associação Brasileira de Bancos (ABBC). Entre os participantes estiveram bancos, financeiras, fintechs, associações como a Anbima, Acrefi, ABFintech etc., representantes da CIP e do Bacen, além de provedores de serviços e consultorias.  

O objetivo foi o compartilhar diversas visões e experiências sobre a inovação em serviços financeiros para que esse sistema evolua em um ambiente mais eficiente, competitivo e ainda inclusivo. “A programação foi bem diversificada explorando o impacto da transformação digital no sistema financeiro, com ênfase nas iniciativas de open banking e pagamentos instantâneos. No evento, também foram conhecidos e premiados os ganhadores da segunda edição do Prêmio Idei@ABBC,” assinala o diretor da ABBC, Carlos Augusto de Oliveira

Além disso, houve pitches das fintechs finalistas do Prêmio Ideai@ABBC, e foi feita uma eleição com escolha pelo público do evento dos melhores cases. Os vencedores por ordem de classificação foram fullface, original myblochain e BX Blue. O objetivo, conta Oliveira, foi reconhecer as soluções tecnológicas melhor dedicadas a otimizar modelos de negócios, promover aumento de competitividade e aplicação de inteligência de dados para oferta de produtos cada vez mais alinhados às necessidades dos consumidores.

As palestras foram de um nível extremamente elevado e entre os diversos palestrantes, destacaram-se Guga Stocco, que descreveu sua visão sobre as tendências e o futuro da indústria financeira e a apresentação do In Hsieh, fundador da Chinnovation e da Marco Polo Ventures, que dissecou o funcionamento do sistema chinês. Além disso, Carlos Augusto de Oliveira, diretor da ABBC, apresentou o resultado e o aprendizado da implementação da POC OpenBanking com participação de vários bancos e fintechs (em parceria com a ABCD – Associação Brasileira de Crédito Digital).

Houve ainda o lançamento da CRT4, nova Registradora de Ativos dos bancos Associados da ABBC. fechando com apresentação do Bacen pelo Diogo José Sousa da Silva, chefe de Subunidade do Departamento de Regulação do Sistema Financeiro do Banco Central, e de Guilherme Horn sobre o ecossistema de inovação e seus desafios.

 

“O Congresso foi extremamente rico e importante para compartilhar com os Associados e Mercado em geral sobre a velocidade da Transformação Digital, promovendo uma atualização sobre o momento de transição e disrupção da Indústria Financeira, ao mesmo tempo que procurou disseminar e estimular os Bancos para aproveitar as oportunidades e tendências que estão surgindo como forma de elevarem de patamar de qualidade de suas operações e melhor se posicionarem frentes a estas mudanças constantes. Acho que o CISF conseguiu apresentar as ameaças que estão batendo na porta, mas também forneceu um panorama das ferramentas existentes para superar os desafios. Foi uma oportunidade única de reflexão estratégica para o setor,” avalia Oliveira.


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).