Mapa para o sucesso: dicas para estratégias inovadoras de pagamentos em 2019


O cenário de pagamentos avançou aos trancos e barrancos ao longo da última década. Antes vistos como uma mera extensão do departamento de TI, líderes do setor com visão de futuro perceberam que a experiência de pagamentos suave pode ser a chave para maximizar a conversão de vendas e impulsionar o crescimento da receita.

A função de pagamentos não é mais considerada como um centro de custo – em vez disso, é vista como um diferencial competitivo e uma nova geração de gerentes de pagamentos está participando ativamente na gestão estratégica de seus negócios – escreveu o CCO da SafeCharge, Yuval Ziv.

Com meios de pagamento alternativos (principalmente o WeChat Pay e Alipay) sendo o centro das atenções, bem como novas regulamentações como PSD2 e SCA trazendo um elemento disruptivo para a mesa, a indústria está em um ponto de inflexão. Agora, mais do que nunca, os gerentes de pagamentos estão em posição de exigir mais das infraestruturas de pagamentos, com maior flexibilidade e inovação mais rápida.

Invista em relacionamentos

O processamento de pagamentos é um recurso de missão crítica que deve funcionar em ambiente livre de erros 24/7. Ao operar em diferentes regiões geográficas, os gerentes de pagamentos geralmente precisam contar com vários adquirentes diferentes para garantir total redundância. Nesse cenário, é recomendável ter um único provedor de pagamentos que possa oferecer uma ampla conexão com os adquirentes locais, uma vez que ofereça cobertura com contingência e, ao mesmo tempo, elimine a necessidade de gerenciar vários parceiros.

Os gerentes de pagamentos também precisam criar relacionamentos sólidos com um parceiro confiável, que tenha a capacidade de compreender o comportamento e as preferências do consumidor local, as tendências locais de pagamento (por exemplo, alterações nas regulamentações) e as características de diferentes verticais. Uma cooperação próxima não só garantirá consistência – particularmente em torno da necessidade de resolver disputas ou de preparar reconciliações – mas também impulsionará os negócios.

Ouça o mercado e abrace a inovação tecnológica

Embora seja importante acompanhar os desenvolvimentos tecnológicos mais recentes, é vital não entrar de cabeça em todos os movimentos tecnológicos, alcançando um bom equilíbrio entre “missão crítica” e “bom para adquirir”. Manter-se ciente do comportamento do consumidor ainda é o fator decisivo e uma das razões que alimentam a inovação.

Este é, mais recentemente, o caso dos métodos de pagamento baseados em código QR, que já são a primeira escolha para os compradores chineses amantes da tecnologia. WeChat Pay e Alipay sendo o exemplo mais notável, ao permitirem que os consumidores desfrutem de uma experiência de compras sem atrito, sem a necessidade de um cartão de crédito. Com a popularidade dos pagamentos em QR não mostrando sinais de redução, os gerentes de pagamento devem voltar sua atenção para reduzir o tempo de lançamento e integrar uma solução que suporte essa tendência, gerando receita e reduzindo o tempo de implementação para ficar à frente a curva.

Permanecer em conformidade

Manter os clientes seguros quando compram se tornou um dos pilares do PSD2; O regulamento introduz uma variedade de mudanças que os comerciantes terão que cumprir, abrangendo toda a Autenticação Forte do Cliente (SCA), acesso à conta, licenciamento de marketplaces e sobretaxas. Os varejistas estão se adaptando a essa fase de transição e atualmente buscam uma solução que os ajude não apenas a permanecer em conformidade para atender aos mais altos padrões de segurança, mas também a inovar para entrar na próxima fase do comércio eletrônico.

Com o comércio eletrônico se tornando a forma preferida de as pessoas fazerem compras, tornou-se cada vez mais importante para os comerciantes fornecer um meio mais inteligente e eficaz de garantir a autenticação do cliente. O 3D Secure 2.0 (3DS2) – novo padrão introduzido pela EMVCo e os principais esquemas de cartão de crédito – abre caminho para a conformidade com o PSD2 e exige que varejistas tenham a tecnologia certa para ajudar os clientes a concluir sua compra.

Ao implementar as ferramentas certas para lidar com o 3DS2 e gerenciar de forma inteligente as exceções de SCA para garantir experiência mais segura ao cliente, os gerentes de pagamentos poderão concentrar sua atenção no crescimento dos negócios.

Fonte: Payments Cards & Mobile

Tradução e adaptação: Edilma Rodrigues


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin e Twitter).