Grandes bancos estão preocupados com possível plano de pagamentos em tempo real do Fed


O Federal Reserve dos Estados Unidos deve anunciar se vai criar sua própria rede de pagamentos mais rápida – o sistema usado pelo governo pode levar vários dias para processar transações e não opera nos fins de semana – ainda esta semana, segundo o The Wall Street Journal.

nota2_extra1

A iniciativa recebeu algum apoio do Congresso, onde um ato que obrigaria o Fed a criar seu próprio sistema de pagamentos em tempo real (RTP) foi proposto, bem como de grandes varejistas e de empresas de tecnologia. Mas os grandes bancos – que trabalham com a The Clearing House (TCH), um concorrente em potencial para a possível oferta do banco central americano – parecem se opor ao Fed introduzir seu próprio sistema.

Isso significa que o medo da concorrência está entre as razões relatadas pelos grandes bancos de se oporem ao Fed construir um sistema RTP.

  • O sistema do Fed não tem que lucrar, o que poderia ameaçar os bancos, segundo o WSJ. Legalmente, o Fed só precisa mostrar que pode equilibrar seu sistema, e os bancos estão preocupados que o órgão regulador possa oferecer descontos por volume para atrair clientes, diz o relatório. Isso tornaria difícil competir – e ainda mais difícil obter lucro – o que poderia ameaçar a posição dos bancos nesse espaço.
  • O anúncio do sistema do Fed poderia desacelerar a adoção da RTP, já que as empresas podem esperar para usar sua eventual oferta. “Se o Federal Reserve decidir lançar sua própria rede, vai apenas atrasar o acesso a pagamentos mais rápidos para todos”, disse o vice-presidente sênior de produtos e estratégia, Steve Ledford, ao WSJ. Como as empresas podem preferir trabalhar com o sistema do banco central – especialmente se cobrar menos do que o TCH por seus serviços – elas podem adiar a conexão com a tecnologia RTP existente, desacelerando a adoção da RTP nos EUA se o sistema do Fed não for lançado rapidamente.
  • Pode haver problemas de compatibilidade entre o sistema do Fed e o TCH. A TCH observou que seria difícil seu sistema se comunicar efetivamente com o do Fed se eles estiverem operando ao mesmo tempo. As duas entidades atualmente trabalham juntas para permitir liquidações entre todos os bancos, e perder essa capacidade prejudicaria a eficácia de ambos os sistemas.

O quadro geral: se o Fed lançar seu próprio sistema RTP, poderia popularizar pagamentos alternativos, impactando as redes de cartões junto aos grandes bancos.

O acesso instantâneo a fundos e à RTP poderia permitir que os varejistas norte-americanos se esquivem das taxas do cartão e os levassem a desenvolver e promover opções de pagamento direto com o banco. Os cartões são o método de pagamento mais popular nos EUA, mas em mercados como o da China e do Reino Unido, os pagamentos diretos com bancos se mostraram populares.

O RTP tornaria tais serviços mais viáveis nos EUA. Isso pode roubar o volume dos cartões ao longo do tempo, especialmente porque esses meios de pagamento alternativos permitem que os varejistas e outras empresas ignorem as taxas do cartão. As empresas, em contrapartida, poderiam impulsionar esses métodos de pagamento, promovendo o desenvolvimento e a adoção de plataformas de débito direto.

1 –  N.T. The Clearing House é uma associação de empresas do setor bancário e de pagamentos que pertence aos maiores bancos comerciais e data de 1853

Fonte: Business Insider

Tradução e adaptação: Edilma Rodrigues


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).