ECC cria empresa para desenvolver startups


Por Edilma Rodrigues

O Grupo ECC, conglomerado de consultorias 100% nacionais, acaba de criar a Boosters Consultments, plataforma consultiva voltada para transformar startups em empresas rentáveis. A empresa vai atuar no reforço dos fundamentos de inovação do modelo de negócio; aceleração da relevância de posicionamento no mercado e aumento do padrão de maturidade gerencial das startups. Isso para ampliar as chances de sucesso e retorno aos investidores e acionistas.

“A ideia nasceu da observação deste mercado, que demanda maturidade nos modelos de negócios e que muitas vezes não vão para frente por conta do baixo foco em gestão e de modelos desestruturados”, explica o CEO da Boosters Consultments, Vagner Silva.

Segundo a companhia, que já atende a 12 startups, três fundos de investimento e quatro corporações entre as 100 maiores, a iniciativa visa garantir os dois principais momentos de uma startup: o pré-investimento para elevar o grau de maturidade das startups que buscam receber rodadas de investimentos dos grandes fundos. O segundo é o pós-investimento, com foco no fortalecimento da governança, maximização do potencial do negócio e zelo pelos fundamentos de valor dos ativos investidos. De modo a garantir que os recursos sejam aplicados adequadamente na operação para gerar valor às partes envolvidas.

A Boosters também anunciou o lançamento da categoria e do roadmap de maturidade para a formar o que a empresa chama de grow-up companies, e que as define como startups com mais possibilidades de se tornarem scale-ups bem-sucedidas.

O conglomerado ECC, liderado por Daniel Domeneghetti, conta com a E-Consulting e DOM Strategy Partners, entre outras e é potencializado por players como Bradesco (Inovabra / Habitat) e Itaú (Cubo), além de outros fundos de investimentos, incubadoras e aceleradoras.

Com informações da assessoria de imprensa


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin e Twitter).