EasyCrédito recebe aporte de R$ 2,5 milhões e lança APIs


Por Edilma Rodrigues

A EasyCrédito, fintech que conecta pessoas físicas que precisam de dinheiro com empresas que oferecem empréstimos, cartões e financiamento, anuncia o aporte de R$ 2,5 milhões em uma rodada de investimentos do Criatec 2, fundo gerido pela Crescera Investimentos (anteriormente Bozano). Em nota, a empresa explica que após o aporte, ela criou APIs (interfaces de programação de aplicações) que conectam sua plataforma de análise de crédito com sistemas de empresas que queiram dar acesso a crédito pré-aprovado aos seus clientes, incluindo negativados e desbancarizados.

As APIs permitem que qualquer empresa possa oferecer, no seu canal de venda, a opção de o cliente solicitar análise de crédito junto às instituições financeiras e fintechs parceiras da plataforma da fintech, que hoje são 32. De acordo com a startup, o maior benefício com as APIs será a expansão do seu canal de aquisição de usuários. “Antes, as pessoas interessadas em crédito precisavam entrar no site da empresa e preencher um pedido para receber as propostas,” explica em nota.

Com a utilização das APIs, a meta da fintech é agregar mais de 1 milhão de propostas de crédito em sua plataforma até o final deste ano e chegar a 10 milhões em 2020. Para o CEO da EasyCrédito, Marcos Túlio Ramos, o crédito é uma oportunidade para as pessoas realizarem desejos

A estratégia de expansão da fintech é levar suas APIs a empresas de educação, saúde, e-commerce, marketplaces, corretoras de imóveis e de seguros, além de correspondentes bancários. Para a EasyCrédito, o desafio é mostrar às companhias que a integração de seus sistemas com a plataforma da fintech gera valor para o negócio. Além disso, segundo Ramos, as empresas são remuneradas pela taxa de sucesso de empréstimos realizados pelos seus clientes. Então, isso passa a ser mais uma fonte de receita para elas.

Para o consumidor, a vantagem é obter crédito pré-aprovado, uma vez que a fintech antecipa a análise de crédito. “Quando alguém estiver buscando por um curso de especialização em um website que tenha nossa API, por exemplo, essa pessoa terá a opção de clicar em um botão para avaliar opções de crédito já pré-aprovados que possam ajudá-lo nessa possível aquisição”, comenta Ramos, ressaltando que o crédito adquirido pode ser utilizado, inclusive, para outros fins, como pagamento de contas pessoais.

Com informações da assessoria de imprensa


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).