Aconteceu na semana


Impostômetro da ACSP registra R$ 300 bilhões
07 de fevereiro

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registrou nesta quinta-feira (07), às 8 horas, a marca de R$ 300 bilhões arrecadados na forma de impostos, taxas, multas e contribuições, pagos pelos brasileiros desde o primeiro dia do ano. O valor chega três dias antes do que em 2018, quando foi registrado em 10/02, “o que é sinal de que a economia brasileira começou um pouco mais aquecida em 2019”, afirma Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp). O Impostômetro foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e incentivá-los a cobrar os governos por serviços públicos de mais qualidade. Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista.

Com informações da assessoria de imprensa

Oiti Technologies se une ao grupo GS& Gouvêa de Souza
06 de fevereiro

O Grupo GS& Gouvêa de Souza anuncia a chegada de uma nova empresa: a Oiti Technologies, especializada em soluções para pagamento. O Grupo GS& Gouvêa de Souza tem expertise em varejo, consumo, franchising, e-commerce, shopping center e foodservice. As companhias podem unir e compartilhar conhecimentos em varejo e tecnologia de pagamento para gerar novas oportunidades de negócios e troca de ideias nas decisões estratégicas. A Oiti oferece o Certiface, solução de combate à fraude por meio de biometria facial em formato que utiliza apenas a internet, no qual a empresa não precisa instalar um novo programa. O Certiface possui banco de dados centralizado e sua base é construída de forma colaborativa e, além do combate à fraude, com a diminuição da inadimplência e dos custos, aumenta vendas e melhora a experiência do cliente. A Oiti Technologies conta com clientes como Carrefour/Atacadão, Leroy Merlin, Banco Original, Multiplus e Nextel.

Com informações da assessoria de imprensa

Copom mantém taxa Selic em 6,50 % a.a.
06 de fevereiro

O Copom decidiu, por unanimidade, manter a taxa Selic em 6,50% a.a. Algumas observações sobre o cenário básico do Copom são: indicadores recentes da atividade econômica continuam evidenciando recuperação gradual da economia brasileira; cenário externo permanece desafiador, mas com alguma redução e alteração do perfil de riscos. Por um lado, diminuíram os riscos de curto prazo associados à normalização das taxas de juros em algumas economias avançadas. Por outro lado, aumentaram os riscos associados a uma desaceleração da economia global, em função de diversas incertezas, como as disputas comerciais e o Brexit. O Comitê avalia que diversas medidas de inflação subjacente se encontram em níveis apropriados ou confortáveis, inclusive os componentes mais sensíveis ao ciclo econômico e à política monetária. As expectativas de inflação para 2019, 2020 e 2021 apuradas pela pesquisa Focus se encontram em torno de 3,9%, 4,0% e 3,75%, respectivamente. O Copom reitera que a conjuntura econômica prescreve política monetária estimulativa, ou seja, com taxas de juros abaixo da taxa estrutural.

Fonte: Banco Central do Brasil

Fintech Adianta recebe investimento de R$ 8 milhões
06 de fevereiro

Há dois anos no mercado, a startup Adianta, fintech focada em antecipação de recebíveis para pequenas e médias empresas, acaba de receber novo investimento no valor de R$ 8 milhões. Acompanhada dos antigos investidores, como Yellow Ventures e OsherTech, a nova rodada do aporte inclui os fundos DGF Investimentos e 42K Investimentos, que estruturou um club deal com investidores de fintechs, como a Chromo Investimentos, a Capital Lab e Roger Ingold – ex-CEO da Accenture, e empreendedores, como Sandro Reiss – fundador e CEO da Geru – e Jaime de Paula – fundador e CEO da Neoway. Com o novo investimento, dentre os planos de crescimento para a startup estão a ampliação do time de engenheiros de desenvolvimento e da equipe de vendas a fim de aumentar a capilaridade da plataforma, além da criação de novos serviços e produtos voltados para pequenas e médias empresas. “A 42K e seus investidores enxergam muitas oportunidades em fintechs de crédito e acreditamos que a Adianta está desenvolvendo uma plataforma para adiantamento de recebíveis e produtos financeiros de muito sucesso, complementado o ótimo portfólio de investimentos na área como a Geru e a BizCapital”, afirma o fundador da 42K Investimentos, Eduardo Smith.

Fonte: TI Inside

Saques na poupança superam depósitos em R$ 11,2 bilhões
06 de fevereiro

A população brasileira sacou mais dinheiro do que depositou na poupança ao longo de janeiro deste ano. O saldo de saques menos depósitos para o mês ficou em R$ 11,2 bilhões, informou o Banco Central (BC). Ao todo, foram depositados na caderneta de poupança R$ 194,6 bilhões. As retiradas durante o primeiro mês do ano somaram R$ 205,8 bilhões. Esse resultado representa a maior retirada de recursos da poupança para o mês de janeiro desde 2016, quando a diferença entre saques e depósitos foi de R$ 12 bilhões. A série histórica registra as movimentações da caderneta desde 1995. Em janeiro, os rendimentos da aplicação mais popular do país resultaram em crédito de R$ 2,9 bilhões. O saldo atualmente depositado na poupança está em R$ 788,9 bilhões, segundo o BC.

Fonte: Revista Amanhã

A cada 10 líderes empresariais apenas 1 é mulher
06 de fevereiro

Segundo dados do Instituto Ethos, as mulheres são maioria nos cargos de estágio e aprendiz, mas perdem força em funções maiores e de liderança que oferecem os melhores salários. Esse afunilamento de oportunidades dentro das corporações foi constatado em pesquisa realizada nas 500 maiores empresas do Brasil. Enquanto nos cargos de aprendiz e estágio a presença feminina é de quase 60%, nos cargos dos conselhos de administração, as mulheres são apenas 11%. Ou seja, praticamente uma mulher para cada dez funcionários nesse nível hierárquico. Além disso, levantamentos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) realizados em 2014 apontam que mulheres com cinco a oito anos de estudo receberam, por hora, uma média de R$ 7,15, enquanto homens com a mesma escolaridade registraram uma média de R$ 9,44.

Fonte: It Forum 365

Fintech Jeitto recebe aporte do Accion Venture Lab para ajudar a aumentar a inclusão financeira
06 de fevereiro

A fintech brasileira Jeitto finalizou nova rodada de investimentos com Accion Venture Lab, fundo de investimento especializado em empresas em estágio inicial da Accion, uma organização global sem fins lucrativos. O aporte ajudará o Jeitto a aumentar suas ofertas de serviços, melhorar a experiência do usuário e alcançar mais consumidores com difícil acesso a serviços financeiros em todo o país. Fundado em 2014, o Jeitto é uma carteira digital com linha de créditos para pagamentos e outros serviços financeiros com foco em consumidores com renda de até três salários mínimos. No Brasil, menos de 5% da população possui uma conta digital, apesar do amplo uso de smartphones. Com conveniência e linha de crédito no app, os consumidores podem gerenciar suas finanças, pagar compras, contas de consumo, transportes, recarga de celular, entretenimentos online, tudo na palma da mão.

Fonte: TI Inside

Boleto mensal de tributos do MEI será reajustado
05 de fevereiro

A partir de fevereiro, o Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) dos Microempreendedores Individuais (MEI) em todo o país sofrerá reajuste. O índice aplicado à contribuição previdenciária mensal do MEI foi o mesmo do salário mínimo, que neste ano passou de R$ 954 para R$ 998, ou seja, de 4,61%. O reajuste começa a valer a partir do próximo DAS, que deve ser pago até o dia 20 de fevereiro. Com o aumento, o valor fixo do boleto mensal (DAS) passa para: R$ 50,90 para ocupações de comércio/indústria e/ou transporte intermunicipal ou interestadual, R$ 54,90 para MEI que presta serviços em geral e R$ 55,90 para ocupações mistas, ou seja, que exerçam tanto atividades de comércio e/ou indústria quanto serviços.

Fonte: assessoria de imprensa do Sebrae – MG

PagSeguro, Mapfre e Posto BR estão à frente em neurociência
04 de fevereiro

Em dezembro, PagSeguro (do Uol), Mapfre e Posto BR (da Petrobras Distribuidora) foram as que mais engajaram o público nas categorias Atenção (efetividade da propaganda ao atrair a concentração do telespectador), Motivação (avaliação de engajamento) e Memorização (campanhas que ficaram na memória do público), da Forebrain, empresa especializada em neurociência do consumo. O levantamento é feito com base em tecnologia EEG, que analisa ondas cerebrais, e eye-tracking, que monitora os movimentos dos olhos de consumidores que avaliaram 32 filmes publicitários divulgados no final do ano. Além de PagSeguro, lideraram a categoria Atenção a Lojas Renner e o Grupo Pão de Açúcar. Em Motivação, se destacaram Bradesco Seguros e PagSeguro. E Cielo e Bob’s estiveram atrás do Posto BR em Memorização.

Fonte: Meio&Mensagem

Procura por crédito para PMEs em fintech aumenta 17,5 vezes em 2018
04 de fevereiro

A competição na concessão de crédito para empresas de médio e pequeno porte tende a acirrar em 2019, já que grandes bancos privados anunciaram previsão de expansão na oferta. As fintechs, empresas que usam tecnologia de ponta para oferecer produtos e serviços financeiros, vêm ganhando mercado nos últimos anos e fortalecendo a concorrência no setor, ao praticar juros baixos em operações rápidas. “A burocracia e o alto custo dos grandes bancos afastam pequenas e médias empresas, que precisam de capital para crescer. Por atuarmos com taxas a partir de 1,1% ao mês, fechamos 2018 com a procura por crédito 17,5 vezes maior do que no ano anterior”, anuncia Fábio Neufeld, CEO e cofundador da fintech Kavod Lending.

Fonte: ABEMD

Google remove 29 apps que roubavam fotos dos usuários
04 de fevereiro

Aplicativos gratuitos para Android podem ser uma armadilha, e foi justamente isso que os pesquisadores da Trend Micro constataram ao analisar 29 apps de câmera voltados ao embelezamento do usuário. A avaliação revelou que vários destes aplicativos estavam monitorando o tráfego de dados das vítimas e, ainda por cima, roubando suas fotos. A descoberta foi notificada ao Google, que avaliou o caso e acabou removendo os 29 aplicativos reportados da Play Store. No entanto, isso só aconteceu após os apps acumularem vários milhões de downloads combinados, o que significa que muitos usuários acabaram afetados. A Trend Micro divulgou a lista completa de aplicativos suspeitos e que acabaram excluídos pelo Google após a notificação. Ao lado do nome, também está o número estimado de downloads, que mostra que boa parte deles era bastante popular.

Fonte: Olhar Digital e Trend Micro


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).